Publicidade
Simmons

TV de última geração, um bem essencial nos hotéis

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 11 minutos

Segundo pesquisas mercadológicas, cerca  de 60% das TVs no Brasil já são de LED, mas as Smart TVs que representava apenas 1% na participação de vendas no mercado em 2010, deverá fechar este ano com uma participação entre 35% e 40% 


Imagem nítida e agradável, economia de energia de até 40%, conectividade, acesso a aplicativos, design moderno, … são inúmeras as qualidades e vantagens que os televisores LED oferecem aos consumidores. Com a chegada de grandes eventos esportivos no Brasil como a Copa do Mundo de Futebol (2014) e Jogos Olímpicos Rio 2016, os hotéis precisam se posicionarem de maneira bem competitiva no mercado para recepcionar os visitantes. A maior parte do tempo em que fica em um hotel, o hóspede passa no apartamento e a TV é o equipamento mais utilizado, seja para entretenimento ou para interatividade com outros produtos, como smartphones ou mesmo servindo de apoio a computador. 

Hoje em dia ter uma boa TV em um apartamento de um hotel é tão essencial quanto ter um bom chuveiro ou mesmo um colchão. Então quando um investidor hoteleiro pensa em aplicar recursos na modernização de um apartamento, a TV aparece na prioridade e em vários casos está a frente da troca de enxoval ou mesmo do colchão. Além de reduzir custos operacionais, como o consumo de energia, as novas TV proporcionam verdadeiros pontos de vendas. Somado a isto, está a comodidade, pois muitos hotéis já permitem ao hóspede solicitar serviços de quartos ou mesmo fazer check-in ou check-out utilizando a própria TV.

Sabendo que o acesso a estes televisores está cada dia mais fácil aos consumidores, os hotéis precisam levar em conta a modernização de seus equipamentos, pois se o hóspede possui um televisor de última geração em sua residência, ele espera que o hotel possua algo igual ou até superior. Esta é a essencia da hospitalidade, pois o hóspede quer se sentir em casa. E pensando nisso, os fabricantes de televisores de grandes marcas decidiram entrar e reforçar sua participação neste nicho de mercado que está extremamente aquecido e deverá permanecer assim nos próximos anos. 

 

Momento favorável para investir em tecnologias


Segundo Edgar Kato, Gerente Comercial da Sony, a empresa decidiu entrar neste segmento devido ao crescimento do turismo no Brasil, “O ramo de hotelaria é um segmento muito importante para a Sony e nosso principal foco no Brasil. O motivo disso é o crescimento do turismo. As pessoas estão com um poder aquisitivo maior, o que possibilita viajar mais. O crescimento da renda percapta da população também é um fator de investimento neste segmento, pois os equipamentos instalados nos hotéis servem como uma espécie de laboratório. Os hóspedes testam e passam a desejar tê-los em sua casa. Outro motivo é a vinda de grandes eventos ao Brasil como Copa das confederações, copa do mundo e olimpíadas. Já estamos presentes no Brasil há 40 anos” comentou o executivo. 

Tivemos a oportunidade de acompanhar nos últimos dez anos a evolução dos televisores de Plasma, LED e LCD. Mas o principal avanço desses aparelhos para os hotéis foi na questão do tamanho. Os leitos perderam o famoso móvel de madeira em que o televisor de tubo ficavam dentro, como uma espécie de armário. Com a evolução das televisões de tela plana, os quartos de hotéis acomodam os televisores fixados na parede do quarto, o que traz um ganho de espaço importante, tendo em vista que o espaço dos quartos na maioria dos casos não passam de 30m2.

Mas afinal de contas, qual a diferença entre os televisores de LCD para os de LED? Por que muitos hotéis estão investindo no LED? A principal diferença dos televisores de LED para os de LCD está no design mais elegante e na qualidade de imagem exibida. As TVs de LED são mais finas, podendo ter 2,5 cm de espessura, comparada com de 6 a 9 cm das televisões de LCD. Além disso, elas são muito mais econômicas e possuem mais nitidez na imagem. “Hoje o mercado brasileiro de TVs tem aproximadamente 10 milhões de televisores, sendo 60% televisores led. Hotel o hotel que ainda tem um televisor de tubo está migrando diretamente para o LED”, comenta Edgar Kato.

 

Diferenciais das TVs atraem os consumidores


Imagine chegar em um quarto de hotel, descarregar suas malas, tomar um banho, deitar-se na cama, ligar o televisor e tomar um susto tremendo porque o aparelho foi desligado com o som no último volume. Ou então, você se incomodar com a imagem escura do televisor em um quarto bem iluminado, ou vice versa. São sensações desagradáveis, não é mesmo? Pensando nessas situações, os fabricantes de televisores desenvolveram o Modo Hotel, que é um sistema simples, mas que faz toda a diferença nos leitos. Através deste método é possível fazer uma programação de níveis de som e de imagem de acordo com o quarto do hotel. “Quando o hóspede desliga a tv para fazer o seu check-out, toda a programação a qual ele fez é excluída e volta ao modo de hotel adequado e programado pelo empreendimento”, afirma Edgar Kato. 

Além de televisores equipados com o “modo hotel”, a Sony oferece diversos outros serviços e diferenciais para o setor hoteleiro, que são adequados para diferentes linhas e classes do setor. “Oferecemos diversas soluções para o segmento hoteleiro que vão desde tvs de LCD e LED, até DVD, Blue Ray, Dock Station, Projetor, Tablets e Mini System. Hotéis de alto padrão combinam com uma TV LED, com design monolítico”. 

A TV é a peça fundamental dentro de um quarto de hotel, sendo ela a responsável pelo entretenimento do hóspede. Além de entretenimento, os televisores de alta tecnologia também são úteis para business. A Sony dispõe de televisores com entrada para pc, a qual o hóspede pode acessar seus e-mails, fazer vídeo conferências e até pequenas apresentações. “Cada hotel tem a sua estratégia e tem o seu público. Hoje a TV acaba sendo um ponto de entretenimento, se você for a turismo, ou senão de informação se você for a negócios. Uma TV hoje de led acaba valorizando bastante até o próprio hotel pelo design. Eu acho importante o hotel estar sempre pensando em como valorizar o próprio cliente e fazer ele se sentir bem. E hoje a tecnologia pode cada vez mais ajudar. Se a pessoa está indo a trabalho, por exemplo, todas as nossas TVs possuem entrada de PC, se o hóspede de repente quiser fazer uma mini reunião, ou uma apresentação no próprio quarto de hotel, ele pode fazer isto, de maneira muito simples e muito fácil” afirma Kato. 

 

Plataforma simples e funcional


Se o hotel não dispõe de canais de filmes, a Sony oferece soluções. Os televisores com acesso a internet são equipados com o aplicativo Crackle, o qual possibilita o acesso online a mais de 150 filmes em uma plataforma muito simples. A simplicidade é um dos atributos que o televisor deve ter para que o hóspede se sinta acolhido. Segundo Kato, o televisor deve ter “facilidade de uso, qualidade de imagem e algumas conectividades. Se for em um hotel voltado para business tem que ter uma entrada de PC. A diferenciação de serviços que você dê para o hóspede é importante no hotel e um pouco da tecnologia faz parte do dia a dia do empreendimento”, analisa.

A LG atualmente é lider no mercado de TV´s para o segmento hoteleiro, mas para continuar mantendo esta liderança, investe cada vez mais em soluções. A multinacional coreana possui uma linha completa de televisores LCD e LED, com funções exclusivas de hospitalidade, como o Modo Hotel. O diferencial é que as configurações dos televisores podem ser transmitidas através do sistema “Usb cloning”, o qual faz com que todos os televisores possuam a mesma configuração de ajustes de som e imagem, transmitidos por um pen drive. 

Um dos destaques da LG no mercado de televisores para o setor hoteleiro é a LG Pro: Centric TV,  a qual é o modelo mais utilizado nos hotéis. Ela permite a criação e edição de conteúdos, como guia de canais disponíveis e menu de informações personalizado, como atrações, promoções e serviços do hotel. Ela está disponível nas versões de 32 e 42 polegadas, tem imagem Full HD, sistema antifurto Kensington Lock e design exclusivo. Segundo o Gerente de produtos corporativos da LG Eletrônics no Brasil, Thiago Augusto Correa, “Com a  LG Pro:Centric TV, o hotel melhora a comunicação interna e ainda reduz gastos de materiais impressos. O mercado hoteleiro brasileiro está passando por uma grande transformação, recebendo investimentos para sua modernização e ampliação e, consequentemente, a demanda por produtos eletrônicos acompanhará este crescimento. Por isso, constantemente a LG busca aprimorar e adaptar seus produtos às necessidades do mercado brasileiro, sempre antecipando tendências e levando ao mercado o que há de mais novo em tecnologia nos mercados americano e europeu”, afirma.

 

Melhor custo benefício ao alcance dos hotéis

Com o mercado hoteleiro extremamente aquecido, a entrada de novas empresas é algo inevitável. Este é o caso da H-Buster que possui um nome consolidado no segmento de som automotivo, mas que entrou no segmento de TV´s para a hotelaria oferecendo um linha completa em LCD e LED. Além da alta qualidade, o custo acessível sãos diferenciais dos produtos, pois a empresa decidiu crescer neste setor em razão do bom momento em que vive o Pais. “O Brasil nos últimos anos vem crescendo num ritmo bastante estável, que faz com que os investimentos neste setor sejam muito fortes, sem mencionar dois grandes eventos que teremos pela frente, que é a Copa do Mundo e as Olimpíadas que fortalecerá estes investimentos neste setor, e como somos um grande player deste mercado de TV não poderíamos estar de fora deste mercado”, comentou o Diretor Executivo da H-Buster, Ricardo Sartori. 

A empresa possui uma linha de televisores LED nas versões  22 até 42 polegadas, todos equipados com o “Modo hotel”. De acordo com o executivo, “Nossos produtos e serviços estão a altura de qualquer concorrente neste mercado, com uma vantagem competitiva muito forte que nossa marca oferece, que é o famoso custo benefício, nos oferecemos um produto de altíssima qualidade, com um serviço excepcional, por um custo extremamente competitivo”, analisa Sartori. 

Na visão do executivo o empreendimento deve investir em equipamentos de alta tecnologia pelo fato da facilidade do consumidor a adquirir televisores de boa qualidade. “Como hoje temos um público consumidor bastante exigente e conhecedor de tecnologia, a grande maioria já possui um televisor de LCD ou LED, o que o faz observar de forma mais crítica o modelo que está no seu quarto de Hotel. Com isso, o produto deve ter uma boa qualidade de imagem com alto nível de contraste e brilho, permitindo uma melhor percepção de cores, além do áudio digital, que trará maior conforto na utilização do televisor. Os televisores com Modo Hotel trazem um grande benefício, pois ajustam de forma automática o som e imagem mais adequado àquele ambiente, de forma pré-definida. Se o televisor atende ou supera as expectativas do hóspede, além de ficar satisfeito com o hotel, ele pensará na marca para uma próxima compra pessoal”, complementa o executivo. 

 

Smart Tvs estão cada dia mais presentes

 

Se formos apontar a palavra que defina as Smart Tvs, com toda certeza a palavra seria a interatividade. Através da tecnologia smart o consumidor tem acesso a um universo de possibilidades, onde ele monta a programação que ele desejar. É possível acessar a internet, jogar, conferir as Redes Sociais como Facebook e Twitter, dentre inúmeras opções. Se o consumidor tiver algum compromisso o qual o impossibilite de assistir algum programa na TV, ele tem a possibilidade de programar o televisor para gravar o programa, onde o hóspede tem a possibilidade de assistir quantas vezes achar necessário. 

A Philips é uma das empresas que apostam no segmento de Smart Tvs para voltar a crescer e consolidar a sua liderança no segmento hoteleiro. Para isto,  firmou uma parceria em abril deste ano com a empresa chinesa TP Vision, para lançar  a Smart TV Ambilight. O CEO da TP Vision Nelson Carneiro, explica que esta TV possui tecnologia exclusiva e patenteada pela Philips que projeta luzes pelas laterais da TV e expande a imagem da tela. “A tecnologia Smart veio para ficar. Ela está provocando uma mudança importante na forma em que o consumidor assiste à televisão. Nossas Smart TVs oferecem acesso à internet e a mais de 1500 aplicativos de todo o mundo, além de portais de entretenimento, notícias e esportes, redes sociais, filmes e vídeos on demand e a canais internacionais gratuitamente. Em resumo, podemos dizer que as Smart TVs marcam a chegada da TV à Era Digital, com uma forma completamente nova de assistir TV. E os números comprovam essa tendência: no Brasil, a participação de aparelhos conectados na venda de TVs deve passar de 1% em 2010 para algo entre 35% e 40% em 2012”, comentou  Carneiro. 

De acordo com Carneiro, o mercado de hotelaria sempre foi um foco para a Philips, que oferece desde televisores até a parte de iluminação e portáteis para os hotéis e hospitais do Brasil. “A Philips é uma marca mundial, líder no segmento de hotelaria na Europa – e pretendemos ser líderes também no mercado brasileiro”, assegurou Carneiro.

 

Facilidade para os usuários


A tecnologia smart permite diversas facilidades para os usuários, e na visão de Edgar Kato, “É uma tendência que veio para ficar com certeza. Sendo Smart, a pessoa começa a ter acesso não só a parte de TV normal, a internet, a vários aplicativos. A gente consegue ver por exemplo: Como está a bolsa de valores, como está o tempo. Alem da internet e dos aplicativos também tem os widgets, como se fosse um computador que você chega, liga e pode ver todos os teus widgets como Horário, qual temperatura. Ela acaba podendo ser cada vez mais a sua companheira, sem precisar ligar o computador. Na smart tv você liga a televisão e está tudo lá . É uma tecnologia muito mais rápida”, analisa o executivo da Sony. 

O fato dos televisores nos deixar conectados com a plataforma web, nos dá uma infinidade de que coisas podem ser feitas, como por exemplo, transmissão de conhecimento, compras, entre outras. O Diretor Executivo da H-Buster, Ricardo Sartori analisa esta funcionalidade: “Se pensarmos que num futuro próximo sua mulher poderá estar assistindo a novela e se interessar pelo vestido de sua atriz preferida, e com apenas um toque no controle remoto, ela poderá comprar este mesmo vestido. Isso é fantástico, se pensarmos que os governos poderão disponibilizar conteúdos educacionais para toda a população de seus país através da televisão. E que estas pessoas poderão interagir com este conteúdo, isso é extraordinário, estes exemplos são apenas uma pequena parcela do que será possível fazer através destas TV´s. Isso fará com que o mundo se transforme ainda mais, numa velocidade incrível, assim como já esta sendo com os smartphones. Hoje o mundo é conectado, e não tem como pensarmos nos produtos de eletro eletrônicos sem esta interação e mobilidade”, conclui Sartori.  

 

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA