Publicidade
Leceres

Pesquisa revela o perfil do turista de cruzeiros

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Ele é paulista, tem entre 30 e 39 anos, nível superior, renda familiar entre R$ 5 mil e R$ 10 mil e gastou R$ 238 por dia na última vez que esteve em Búzios, no Rio de Janeiro. Por sinal, estava acompanhado. Esse é o perfil predominante do turista que passou de navio pelo balneário fluminense na última temporada de cruzeiros, que teve início em outubro de 2009 e que terminou em maio deste ano. Os dados fazem parte da pesquisa que acaba de ser concluída pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e encomendada pela Associação Comercial de Búzios. 
A temporada 2009/2010 de cruzeiros em Búzios resultou na passagem de 384.031 visitantes, o que representou um crescimento de 38% em relação à temporada anterior e a consolidação da cidade como principal destino do turismo náutico brasileiro. Os terminais de todo o país receberam aproximadamente 900 mil passageiros, com um crescimento de 61% no mesmo período. “A pesquisa feita em Búzios reflete o perfil dos viajantes de cruzeiros no Brasil como um todo, uma vez que a cidade é hoje o principal destino dos navios. A grande surpresa foi o gasto por passageiro, que resultou em uma receita de R$ 91 milhões para a cidade durante a temporada”, afirma Cadu Bueno, presidente da Brasilcruise, entidade que reúne os terminais brasileiros de cruzeiros marítimos. 
A última temporada de cruzeiros marítimos, apresentou significativo impacto econômico em Búzios. O gasto médio por pessoa na cidade, de R$ 238, foi bem superior a estimativas anteriores da prefeitura local. Com base nos dados da pesquisa, Cadu Bueno afirma que a rede hoteleira do balneário fluminense foi um dos setores mais beneficiados com o movimento. O trabalho mostra que 67% visitavam a cidade pela primeira vez e quase a metade (48%) revelou a intenção de retornar à cidade utilizando outro meio de transporte. “Isso significa um potencial de 180.514 novos hóspedes para hotéis e pousadas da cidade”, afirma Bueno, observando que o dado desmistifica a idéia de que os cruzeiros esvaziam o setor hoteleiro.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA