Diamantina (MG) promoverá Festival de História em outubro

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

A cidade mineira de Diamantina, realizará entre os dias 7 a 12 de outubro o fHist – Festival de História, que é promovido pelo Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais e a Revista de História da Biblioteca Nacional. Boris Fausto, Laura de Mello e Souza, Eduardo Bueno, Ronaldo Vainfas, Luiz Mott e Fernando Novaes são alguns dos nomes confirmados para as mesas de debate da Tenda dos Historiadores, o principal evento do festival, que terá ainda programação de cinema (História com Cinema e Pipoca), oficinas de história, patrimônio e ourivesaria e agenda cultural (Vivas Ruas da Cultura), com Vesperata, seresta, concerto e exposições, entre outras atividades.

 

Segundo o jornalista Américo Antunes, Coordenador do fHist, o festival surge diante da constatação da importância que os temas de história ganham no Pais. “Uma indicação dessa relevância está no fato de que publicações de história lideram a lista dos livros de não-ficção mais vendidos no Brasil”, diz Antunes. Entre as dez obras mais vendidas no país, em 2010, cinco têm temática histórica.

 

O curador do evento o historiador Luciano Figueiredo, diz: “O festival é uma celebração de um fenômeno recente e promissor, do encontro entre leitores e livros de história, que acontece no Brasil de maneira determinante e extraordinária, desde 2003. É um boom de memória no país”. Para ele, a melhor forma de comemorar esse interesse do brasileiro pelo assunto é promover o diálogo entre leitores e os autores.

 

Segundo o curador do fHist, a escolha de Diamantina para abrigar o encontro entre leitores e autores é explicada pela importância da cidade. “Diamantina não foi escolhida à toa. Ela simboliza muito essa realidade do Brasil, de combinar memória e tradição com a modernidade. É berço de JK, que um símbolo do moderno e, ao mesmo tempo, é terra de Chica da Silva, além de ter um patrimônio histórico dos mais relevantes”, afirma Figuereido.

 

No fHist apenas serão cobradas as inscrições para a Tenda dos Historiadores, que devem ser feitas pelo site www.fhist.com.br

 

 

 

Se você estivesse nos seguindo pelo twitter teria recebido esta informação em tempo real. Venha nos seguir, acesse www.twitter.com/revistahoteis ou então pelo Facebook acessando nossa página através do link http://migre.me/4G5ac . Conheça também nossa página no Flickr acessando o link http://migre.me/4DT8x e no Tribt http://tribt.net/profile/revistahoteis

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA