Publicidade
Leceres

Desafio Senac superou expectativas

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 4 minutos

 

Direto de Águas de São Pedro (SP) – As 15h00 de hoje termina o Desafio Senac, um evento pioneiro na hotelaria brasileira em que 70 alunos dos cursos de Tecnologia e Bacharelado em Hotelaria  do Centro Universitário Senac São Paulo comandam desde às 11h00 da última sexta-feira (dia 7 de dezembro) o Grande Hotel São Pedro, Hotel – Escola Senac, em Águas de São Pedro (SP). O evento que teve o nome de Alunos no Comando, no ano que vem certamente poderá se chamar Feras no Comando, pois a segurança que os alunos passaram aos hóspedes foi bastante notada e a excelência na prestação dos serviços foi exatamente a mesma que é realizada pelos profissionais formados há anos.

 

Comandar o Grande Hotel São Pedro, Hotel – Escola Senac,  um dos mais tradicionais da hotelaria nacional, já é um desafio, que aumentou ainda mais, pois neste final de semana estava hospedados Presidentes e diretores de redes nacionais e internacionais que participaram da posse da nova diretoria do FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil. Entre eles estavam o CEO da Accor para a América Latina, Roland de Bonadona, Jaime Canet, Presidente da rede de hotéis Deville, Eduardo Campos Slaviero, Diretor da rede Slaviero de hotéis, entre outros. “Servir estes hóspedes ilustres aumentou ainda mais o nosso desafio, pois sabíamos que eles eram nossos futuros empregadores e que eles também estavam nos avaliando, mas a equipe estava bem motivada e preparada. Foram seis meses de intenso planejamento para que a excelência no padrão de serviços continuasse o mesmo, mas para qualquer eventualidade, tínhamos vários planos B”, destacou Dayane Araújo, aluno do 8o semestre de hotelaria do Senac Campus Santo Amaro que gerenciou o hotel e coordenou uma equipe de 69 alunos colaboradores.

 

Segundo Dayane, mesmo sendo colega de classe e tendo muita amizade com seus comandados, a principal preocupação era separar o lado pessoal do profissional e para isto muitas vezes impôs o seu cargo e disse, é isto que eu quero que faça, pois no seu ponto de vista era a decisão mais acertada para o próprio bem da equipe. “Ontem teve uma apresentação da escola de samba paulistana da Mocidade Alegre a beira da piscina do bar da Figueira e ameaçava chover e estragar toda a preparação que havíamos feito. Avaliamos com muita calma a situação e decidimos que iríamos manter o evento a céu aberto e esta foi uma decisão certa, pois só houve um pequeno chuvisco. Quando eu vi a alegria estampada no rosto dos convidados com o ritmo da bateria da escola de samba, fiquei convicta que realmente a hotelaria era realmente o que eu queria fazer”, garantiu Dayane.

 

Numa comparação alusiva deste Desafio Senac, é como se fosse uma equipe de juniores que entrasse em campo para disputar o torneio mundial de clubes, porque a equipe principal estava impossibilitada de jogar. Ou na mesma comparação, se tivesse um diretor do Barcelona nas arquibancadas assistindo a uma partida de juniores para contratar alguns atletas. Por isto, no semblante de cada aluno estava estampado que ele estava dando o melhor de si e fazia parte de uma espécie de linha de produção em que um coloca a arruela, um outro o parafuso e alguém aperta e vai para a esteira afora para montar a peça.

 

De acordo com Camila Fernanda Barboza e Moraes, Coordenadora de desenvolvimento da área de Hotelaria e Eventos do Senac São Paulo, este Desafio foi espelhado num modelo adotado em uma atividade realizada há mais de 80 anos pela Universidade de Cornell e vai ao encontro do jeito Senac de educar, que busca aliar conhecimento teórico à prática e proporciona troca de experiências entre os participantes e o mercado de trabalho, aliado a um conhecimento autônomo, no qual o estudante tem maior poder de decisão. “Este desafio além de ser pioneiro no Brasil, marca registrada do Senac, é bem superior ao de Cornell University  que possui apenas um hotel escola com um padrão mais econômico e menor número de unidades. Ás 15h00 de hoje os alunos entregam o  comando do hotel aos profissionais e vamos fazer uma avaliação para corrigir os possíveis erros e fazer os ajustes necessários, mas já podemos antecipar que o desafio superou nossas expectativas. Os alunos nos surpreenderam, pois mesmo em um dia quente, como o sábado em que tiveram o sol e a piscina como ‘inimigos’, estes ambientes estavam vazios, mas as salas dos workshops lotadas”, mencionou Camila.

 

Dos 80 alunos que estiveram participando do Desafio Senac, 17 são de cargos de gestão e eles foram escolhidos numa concorrida seleção em que estiveram participando 150 alunos dos campus Santo Amaro, na capital paulista, Campos do Jordão e Águas de São Pedro (SP). “Os alunos foram bem ousados e aceitaram voluntariamente este Desafio Senac, nome mesmo que eles escolheram, e todo planejamento e execução foram dos alunos, com a devida orientação dos professores e coordenadores.  No segundo semestre de 2013 vamos repetir este evento, desta vez na unidade de Campos do Jordão e temos certeza que vamos repetir o sucesso e consolidar este evento”, concluiu Camila. 

A Revista Hotéis está hospedada no Hotel Senac Águas de São Pedro a convite do Senac São Paulo

 

______________________________________________________________________________________________
Você é um profissional da Hotelaria? Então, ajude-nos a eleger os melhores fornecedores da hotelaria que vão concorrer ao Troféu Fornecedor da Hotelaria 2012. Vote e concorra a vários brindes, como passagens aéreas e hospedagem com um acompanhante.

Acesse o link para votar http://www.revistahoteis.com.br/enquetes

______________________________________________________________________________________________

 

 

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA