HOME Matérias Aconteceu Consultora do Sebrae palestra sobre tendências do setor na 52ª Equipotel SP

Consultora do Sebrae palestra sobre tendências do setor na 52ª Equipotel SP

19
0
SHARE

Foi encerrado há pouco o painel “Cenário e Tendências para Meios de Hospedagem”, realizado no primeiro dia da 52ª Equipotel São Paulo, que acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista. A palestra foi ministrada pela consultora do SEBRAE Michele Oliveira do Amor Divino, formada em Turismo pela Unimonte/Santos e pós-graduada em Administração Hoteleira pelo Senac-SP.

Michele falou sobre alguns números do setor e as tendências de mercado para gestores do turismo e hotelaria. Dados do Sebrae mostraram que a indústria do turismo cresce 10% ao ano e gera R$ 76 milhões no mesmo período, representados por 25 mil meios de hospedagem (MH). Destes, 94% não pertencem a redes hoteleiras e 72% são pequenos MHs. Segundo Michele, apenas 14% do gasto do turista vão para mão de obra, e 36% vão para o gasto do turista com o comércio.

Para a consultora, o brasileiro tem viajado mais porque o índice de desemprego diminuiu, a classe C ascendeu e passou a ser mais informado. “Hoje temos um cliente muito mais exigente em relação aos seus direitos, que pesquisa mais e tem acesso à informações que antes não tinha”, aponta. Michele mostrou que 46% dos brasileiros possuem acesso à rede de internet, o que justifica esse crescimento de viajantes.

Ainda sobre a influência da internet no turismo e hospedagem, Michele afirmou que “hoje, os donos de hotéis não têm escolha de estar ou não na internet. Os clientes já estão lá e vão comentar sobre seu empreendimento. Vocês, gestores, precisam estar preparados para isso”. Em pesquisa realizada pelo TripAdvisor,  95% dos viajantes brasileiros afirmam que são influenciados pelas avaliações na hora de escolher o destino e 65% pelas avaliações de viagens online.

Como tendência para o mercado, Michele apontou a “geração Y” como principal público alvo, e que deve ditar o comportamento dos meios de hospedagem. “Os gestores devem acompanhar esta era, e não andar para trás. A satisfação do hóspede está nos pequenos detalhes, e para atender esta geração é necessário ser rápido e preciso nos processos internos, desburocratizando procedimentos”, aponta. Em pesquisa da Consultoria Mapie e do blog Disque9, 92,48% dos clientes da geração Y priorizam a qualidade da cama e 92,44% a qualidade e disponibilidade do wi-fi.

Para finalizar, Michele falou da importância de proporcionar experiências ao hóspede e do gerenciamento de reputação na rede. A consultora apontou duas questões a serem respondidas pelos gestores hoteleiros na hora de buscarem a maior tendência a seguir: Qual é a proposta de valor que está sendo oferecida ao hóspede e qual a solução para o problema que o cliente aponta. “Respondendo a estas questões, vocês (gestores e proprietários) estarão seguindo a tendência ditada pelo cliente”, declarou a consultora do Sebrae.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image