Opinião

Negócios da bola: a hora do turismo é agora

Para o turismo do Brasil, a Copa do Mundo em 2014 deve ser mais do que uma festa. Quer dizer, encarada como investimento nacional, para dar impulso ao esporte e, também, ao país como um todo, a exemplo do que fez a Alemanha, dona dos estádios considerados os melhores da Europa, porque são rentáveis arenas…

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA