Museu do Festival de Cinema de Gramado será inaugurado em setembro

Museu do Festival de Cinema de Gramado será inaugurado em setembro

106
0
SHARE
Na foto o Vice-prefeito Luia Barbacovi, Mauro da Silva (Gramado Parks), prefeito Nestor Tissot, Delurdes da Silva (Gramado Parks) e secretária Rosa Helena (Foto: Miron Neto)

Foi assinado no último dia 11 de março, no Palácio dos Festivais, em Gramado (RS), o Contrato de Concessão para a implantação do Museu do Festival de Cinema de Gramado. O evento contou com a presença do Prefeito Municipal, Nestor Tissot, a Secretária de Turismo, Rosa Helena Volk e representantes do Grupo Gramado Parks.

Uma empresa do Grupo Gramado Parks, holding voltada para a construção e administração de parques temáticos e resorts e que atualmente é responsável pelo Parque Snowland, pelo Gramado Termas (parque termal) e o Gramado Termas Resort, foi a vencedora da licitação e assumiu a gestão do empreendimento. A concessão é feita por 5 anos e renovável por mais cinco anos.

A primeira edição do Festival de Cinema de Gramado aconteceu em 1973 e 2016 marca sua 44ª edição.  Para a Secretária de Turismo, Rosa Helena: “É a realização de um sonho. É um projeto inédito no Rio Grande do Sul e que vai contar não só a história do cinema brasileiro, mas principalmente este grande evento que colocou Gramado na mídia do Brasil e do Exterior. O museu será implantado sem a utilização de leis de incentivo à cultura. Nós partimos para um projeto de lei e abrimos uma licitação. A empresa arcará com os recursos financeiros para implantar o projeto, tendo uma carência de 12 meses para o pagamento do aluguel. Toda a arrecadação será investida 80% no Fundo Municipal de Turismo e 20% no Fundo Municipal de Cultura”, afirmou.

Na visão do prefeito de Gramado, Nestor Tissot, o momento da assinatura do contrato de concessão do Museu do Festival de Cinema foi histórico. O prefeito também destacou a importância do Ministério Público para que se chegasse até o momento da assinatura do contrato de concessão, citando ainda a participação dos empreendedores do prédio e da Mitra Diocesana, dona do terreno. “Este momento resgata uma história construída a muitas mãos e com muitas dificuldades. Muitas pessoas não entendem por que Gramado se diferencia tanto, mas é o seu povo guerreiro que faz a diferença. O museu será um marco para o turismo e a cultura de Gramado”.

O Museu do Festival de Gramado será implantado em seis meses em uma área de 584m², ao lado do Palácio dos Festivais e da Igreja São Pedro, com vista panorâmica para o centro da cidade.  Segundo o diretor da Gramado Parks, Mauro da Silva, será uma nova atração para a cidade, já que atualmente os turistas limitam-se a tirar fotos em frente ao Palácio dos Festivais. “Com o museu, os visitantes poderão conhecer melhor a história de 43 anos do festival e de como ele projetou Gramado nacional e internacionalmente”.

APP
SHARE