Publicidade
Coronavirus

Rede Marriott expõe dados de hóspedes pela segunda vez; entenda

A rede Marriott, uma das marcas mais poderosas da hotelaria mundial, está envolvida em mais um caso de vazamento de dados. Dessa vez, o número de hóspedes que tiveram seus dados pessoais expostos é de 5,2 milhões.

As informações incluem nomes completos, endereços de e-mail, telefones de contato, datas de nascimento e outros, como o número de registro no plano de fidelidade da companhia, empresa áerea mais utilizada e preferências pessoais durante a hospedagem.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

A Marriott informou que o acesso às informações foi constatado em fevereiro deste ano, mas provavelmente já vinha acontecendo desde janeiro. A companhia também afirmou que dados como números de documentos, passaportes e outros que pudessem causar invasão à contas bancárias não foram vazados, mas a investigação prossegue apurando as falhas. Segundo um representante da Marriott, a exposição aconteceu por meio do acesso ao sistema de dois colaboradores de um empreendimento da rede. Não foi detalhado no entanto, se esta invasão atingiu somente o histórico de hóspedes daquela unidade ou se foram alcançadas as informações de clientes de outros hotéis. Ambos acessos foram desabilitados pela companhia.

Publicidade
Saga System

Como primeiras medidas, a Marriott enviou e-mails e disponibilizou canais como call-center e portal on-line onde hóspedes podem tirar dúvidas e conferir se estão na lista dos que tiveram seus dados visualizados por terceiros. A Marriott recomenda que os afetados alterem suas senhas e ativem as ferramentas de segurança que estiverem a seu alcance. Em algumas regiões está sendo oferecida a assinatura de serviços de monitoramento de vazamento de dados por um ano.

Publicidade
Schipper

Trata-se do segundo caso de vazamento de dados na companhia. Em janeiro de 2019, a Marriott admitiu que 383 milhões de hóspedes tiveram seus dados visualizados por hackers que invadiram o servidor de reservas. Passaportes e dados de cartões de crédito foram comprometidos com o ataque.

Publicidade
Gestão de riscos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image