Publicidade
Trofeu fornecedor

Infraero abre licitação para construção de hotéis nos aeroportos do Rio e Brasília

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

A INFRAERO — Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária acaba de lançar o edital de licitação para construção de hotéis em dois importantes aeroportos do Brasil, o Juscelino Kubitschek, em Brasília (DF) e o Internacional do Rio de Janeiro /Antonio Carlos Jobim, o Galeão. O empreendimento hoteleiro em Brasília será na categoria econômica e o intuito da estatal é adequar o terminal aéreo ao alto número de visitantes previstos para a Copa de 2014 e pelo edital, empresas brasileiras, assim como estrangeiras poderão apresentar propostas até o dia 15 de setembro. Uma vez escolhida a ganhadora, o prazo é de 18 meses para o hotel ficar pronto e a estimativa inicial da Infraero é de que serão oferecidos 150 leitos e o investimento estimado em R$ 13,5 milhões.

Além do edifício com apartamentos que ficar cerca de 500 metros do terminal, a empresa vencedora da licitação terá espaço para explorar atividades complementares, tais como lojas de conveniência, bancas de revista, agências de viagem e de câmbio, bares e restaurantes. Oferecer esses serviços, no entanto, ficará a critério da administradora, bem como outras comodidades, tais como traslado de ida e volta ao terminal, internet sem fio gratuita e ainda lavanderia 24 horas.

Já no Aeroporto do Galeão a abertura da licitação será no próximo dia 23 de setembro e podem participar empresas nacionais e estrangeiras. “O hotel atenderá uma necessidade premente de aumentar a oferta de hospedagem no Aeroporto Internacional do Galeão, que já é o segundo maior ponto de conexões do Brasil para o exterior”, disse o diretor Comercial da Infraero, Geraldo Moreira. Segundo ele, a estimativa de investimento neste empreendimento é de cerca de R$ 13 milhões e o prazo de conclusão é de 18 meses contados do começo das obras.

A edificação deverá ocupar uma área de 4.800m², próxima ao Terminal de Passageiros 2 do aeroporto. De acordo com a INFRAERO, a previsão é que a amortização do investimento neste empreendimento ocorra em 13 anos e o prazo para o empreendimento ser revertido ao patrimônio da União é de 25 anos. 

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA