Publicidade
Trofeu fornecedor

Hotéis do RJ investem em reformas para atender alta demanda e Copa 2014

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Os hotéis do Rio de Janeiro estão apresentando, cada vez mais, planos de expansão e modernização de suas unidades, visando a Copa do Mundo 2014 e as Olimpíadas 2016. Além dos bairros mais freqüentados por turistas como Copacabana, Ipanema e Leblon, hotéis de bairros mais tradicionais, como exemplo o Hotel Glória no Flamengo, estão investindo em retrofit. Pelo que comprovam as taxas de ocupação e diárias médias, todos esses investimentos acompanham o incremento da demanda hoteleira no Rio. A ABIH-RJ — Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro espera um crescimento de até 25% na ocupação hoteleira até as Olimpíadas e cerca de 10% desse incremento já está comprovado em 2010.  Os hotéis do Flamengo receberam investimentos do empresário Eike Batista e do grupo EBX na Marina da Glória e Parque do Flamengo.
Comemorando 60 anos, o Hotel Novo Mundo está concluindo uma ampla reforma, valorizando as tradições apesar de visar a modernidade. As melhorias incluem instalação de internet por rede wi-fi gratuita em todo o hotel até março de 2011; modernização dos 231 apartamentos, com substituição do carpete por tábua corrida; troca de todos os tecidos das habitações, desde roupa de cama até cortinas e, ainda, a criação do Executive Floor, quatro andares com decoração exclusiva, banheiros com  box blindex, secador de cabelo e espelhos com lente de aumento. O 12º andar também está sendo remodelado e será dedicado às suítes nobres, que recebem nova decoração de Dóris Dayer, arquiteta responsável pela modernização do lobby e da recepção. A preocupação com segurança e acessibilidade foi levada em consideração durante todo o projeto de melhorias. O hotel ganha, ainda, novo sistema de alarmes contra incêndio, chaves magnéticas e conta com três apartamentos adaptados, rampas e elevadores preparados para a circulação de hóspedes especiais e cardápios em Braille.
Também no Flamengo, o Hotel Regina, com foco no público corporativo, é outro empreendimento que renovou recentemente suas unidades. O Windsor Flórida não só modernizou suas instalações, como expandiu a oferta de apartamentos com a construção de um anexo, além de investir em novos espaços para o lazer de seus hóspedes e uma área dedicada a eventos e convenções.
O Projeto Porto Maravilha, que promete desenvolver um novo pólo turístico no Centro, incluindo novos empreendimentos comerciais, culturais e residenciais, prioriza uma reformulação da região, que passa por investimentos em iluminação pública, recuperação dos patrimônios culturais, pavimentação, calçamento e plantio de árvores. É o marco de uma nova era para o desenvolvimento turístico no Rio de Janeiro, não só em relação ao mercado corporativo, principal foco da hotelaria da região até o momento, como no segmento de lazer, ao estimular uma marcante revitalização da estrutura e imagem da cidade.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA