HOME Matérias Aconteceu Perspectiva do setor hoteleiro no Brasil é apresentada em evento do FOHB

Perspectiva do setor hoteleiro no Brasil é apresentada em evento do FOHB

362
0
SHARE
Ricardo Mader apresentou um panorama do segmento hoteleiro

Terminou agora há pouco a palestra com o tema perspectivas do setor hoteleiro no Brasil, ministrada pelo Membro das ISHC – International Society of Hospitality Consultants e VP da JLL Hospitality, Ricardo Mader Rodrigues. Essa palestra faz parte da programação a primeira edição do Fórum Nacional da Hotelaria que acontece hoje (04) no hotel Intercontinental, na capital paulista. O evento é promovido pelo FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil -, revista Época e jornal Valor Econômico.

Oferta hoteleira existente no Brasil apresentada na palestra de Ricardo Mader

Segundo o palestrante, existem cerca de 10 mil hotéis e pouco mais de 541 mil quartos no Brasil, e a concentração está na região Sudeste pela oferta de São Paulo e Rio de Janeiro. No total são 293 projetos, com 48.600 apartamentos, na qual, a maioria já está em processo de construção, previstos para abrir no próximo ano. Se todos os projetos se concretizarem, a oferta hoteleira qualificada no Brasil crescerá 13% até 2022, quando serão 410.600 apartamentos em quase 3 mil hotéis.

Marcas hoteleiras no Brasil apresentadas na palestra de Ricardo Mader

O RevPAR apresentou um crescimento anual de 5% entre 2004 e 2017. A combinação da crise econômica e do aumento da oferta levaram a quedas e de performance em 2015 e 2016, mas em 2017 houve uma tendência de recuperação da ocupação. Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Porto Alegre estão se recuperando, mas a situação do Rio de Janeiro torna-se um pouco mais complexa com a dificuldade de crescimento.

Oferta futura de hotéis no Brasil na palestra de Ricardo Mader

Perspectivas

Mader destaca: “Espera-se a melhora da performance dos hotéis com baixo crescimento da oferta, com crescimento econômico do país, o mercado de capitais com o financiamento de Bancos Comerciais e Fundos Imobiliários”. Além disso, ele ressalta a entrada de investidores internacionais no mercado, com as novas marcas hoteleiras e Soft Brands, as fusões de redes hoteleiras, o crescimento de Redes Independentes e multimarcas trabalhando através de Franquias, entre outras movimentações.