HOME Matérias Entrevista Leonardo Hamam, um exemplo de superação de desafios

Leonardo Hamam, um exemplo de superação de desafios

619
1
SHARE

Leonardo Hamam: “O mercado de implantação hoteleira no Brasil ainda é muito amador”

Conheça a história bem sucedida deste empresário que começou há 15 anos atrás com apenas R$ 600,00 na conta bancária e hoje é uma das mais sucedidas empresas de implantação hoteleira no Brasil

Com apenas R$ 600,00 na conta bancária e muita convicção que iria criar uma empresa modelo e com atuação internacional, o jovem Leonardo Hamam montou há 15 anos a Hamam Development que era voltada a implantação hoteleira. A bagagem profissional que Leonardo tinha na época era a de projetos residenciais e implantação de escritórios corporativos emrazão de ter trabalhado em um renomado escritório de arquitetura. A vontade de vencer todos os desafios era comparado a entrar num ringue de luta de boxe e ter que todos os dias nocautear o adversário.

Nesta árdua luta, contava apenas com o apoio do irmão Thiago e a obsessão de fechar um primeiro contrato, pois acreditava que este era o fator decisivo do fracasso ou do sucesso nesta empreitada profissional. E o primeiro contrato chegou rapidamente e com ele vários outros, o que fez aumentar a equipe para aproveitar as oportunidades apresentadas pelo mercado hoteleiro.

Hoje a Hamam Development se tornou uma das empresas mais especializada em projeto de interiores e implantação hoteleira do mercado brasileiro e com atuação em vários países, como Dubai, Catar, Chile, Argentina, Paraguai e Venezuela. Nestes 15 anos de atividades comemorados recentemente, o portfólio da Hamam soma 83 hotéis entregues totalizando 20.000 unidades habitacionais. Atualmente a empresa trabalha em 33 empreendimentos, seja em fase de estudos e implantação, incluindo o primeiro hotel seis estrelas do Brasil. Confira com total exclusividade nesta entrevista abaixo, com Leonardo Hamam, CEO da Hamam Development.

Revista Hotéis — O que o levou a criar a Hamam Development?

Leonardo Hamam — Sinceramente, a liberdade de ter a minha própria empresa onde eu pudesse ter desafios, vencê-los, onde eu pudesse fazer meus sonhos virarem realidade, queria ser alguém vitorioso vencendo todos os obstáculos apresentados durante meu caminho. Coloquei nessa empresa o meu objetivo de ser grande, referência no mercado hoteleiro nacional e internacional, coloquei e ainda diariamente coloco toda minha energia mental e física. No último mês de janeiro, a Hamam Development completou 15 anos de vida, tudo aqui foi construído com muito trabalho, empenho e dedicação, olho para trás e me sinto feliz e vitorioso.

Revista Hotéis — Qual a bagagem profissional que possuía na época e os desafios traçados?

Leonardo Hamam — A bagagem profissional que tinha na época era a de projetos residenciais e implantação de escritórios corporativos. O principal desafio era fazer uma empresa acontecer com R$ 600,00 na minha conta, não tinha recurso para investir tampouco pai rico, como muitos têm: tinha a convicção de fechar meu primeiro contrato, e fechei. Além disso, tinha meu irmão mais novo, Thiago Hamam, que já tinha trabalhado comigo ao meu lado, era eu e ele e a vontade de vencer, sabe aquela vontade de vencer uma luta tipo Rocky Balboa…era essa…

Revista Hotéis — Quais as soluções que a Hamam apresenta ao mercado hoteleiro e como consegue se posicionar de forma tão competitiva?

Leonardo Hamam — A Hamam Development se tornou a empresa mais especializada em projeto de interiores e implantação hoteleira do mercado. Em 15 anos de vida criamos uma metodologia própria que foi realmente aprimorada quando em 2007 euresolvi abrir a Hamam International em Dubai onde mantive a empresa por dois anos em pleno funcionamento.

Na ocasião tivemos que nos adaptar ao mercado internacional no aspecto de qualidade, prazo e preço. Essa experiência fez com que a empresa evoluísse de uma forma absurdamente rápida e respectivamente nossa metodologia foi aprimorada.

Revista Hotéis — Quantos hotéis a Hamam já implantou ou reformou desde que iniciou às atividades?

Leonardo Hamam — Realizamos entre projetos de interiores e implantações hoteleiras o número de 83 hotéis sendo 76 no Brasil e na América Latina e 7 nos Emirados Árabes, isso totaliza mais de 20.000 unidades habitacionais. Hoje nós estamos envolvidos com 33 projetos de hotéis no Brasil, seja em estudos ou em execução. Devemos terminar estas implantações no máximo no início de 2018 e teremos em nosso portfólio o primeiro hotel seis estrelas do Brasil, além de vários com padrão cinco estrelas. Isto é um reconhecimento do mercado e fruto de um trabalho muito dedicado ao apresentar soluções que visam reduzir o investimento de nossos clientes com projetos bastante funcionais e com excelência no padrão de qualidade.

Revista Hotéis — Existe algum hotel implantado em específico que a Hamam tenha um carinho especial ou que considere um verdadeiro case em razão da execução dos projetos, prazo de conclusão ou mesmo logística adotada?

Leonardo Hamam — Tenho carinho por todos os hotéis que realizamos, porém alguns temos um carinho mais especial. Vou mencionar aqui o Fasano Rio de Janeiro, onde trabalhamos diretamente com o designer francês Philippe Starck. Outra implantação que exigiu muito foi a Vila dos Jogos panamericanos. Sem dúvida esse foi o maior desafio no aspecto tamanho, pois implantamos a vila em apenas três meses. Ou seja, compramos, recebemos e montamos 3.880 apartamentos, cada um com uma média de três dormitórios. Outro case que vai entrar para o nosso portfólio será o primeiro hotel seis estrelas do Brasil que estamos implantando e estamos muito felizes pela oportunidade.

Revista Hotéis — Como você analisa a figura do profissional de implantação hoteleira no Brasil? O mercado reconhece o trabalho e os benefícios oferecidos aos investidores, fornecedores e ao mercado em geral?

Leonardo Hamam — O mercado hoteleiro no Brasil ainda é muito amador, existem empresas que valorizam muito o trabalho de empresas como a Hamam Development, porém ainda temos muita dificuldade para convencer os investidores dos benefícios de nos contratar. Em resumo, em muitos casos fechar um contrato é como um parto, pois leva nove meses ou mais… isso não acontece fora do Brasil, os investidores internacionais sabem muito bem os benefícios que a Hamam Development tem a oferecer. Com relação aos fornecedores brasileiros, temos ótimas empresas aqui, em alguns casos bem melhores que empresas internacionais.

Revista Hotéis — Quais são as principais preocupações que a Hamam leva em consideração na implantação hoteleira?

Leonardo Hamam — Nossa maior preocupação é superar as expectativas dos nossos clientes realizando os hotéis com qualidade superior, respeitando a verba pré-definida e o prazo acordado. Para isso, temos um controle rigoroso de todas as etapas do processo através de um sistema de gestão que foi criado em 2007 e vem sendo implementado a cada ano, bem como profissionais de gabarito na empresa.

Revista Hotéis — Quantos fornecedores cadastrados a Hamam possui e quais são as exigências para serem homologados?

Leonardo Hamam — Acreditamos que ter os fornecedores e parceiros certos é essencial para o sucesso de um projeto. No momento, contamos com cerca de 2.500 fornecedores cadastrados na Hamam Development em mais de 100 ramos de atividades diferentes. Trabalhamos com os melhores fornecedores e marcas do mercado nacional e internacional. Nossos parceiros são empresas conceituadas no ramo de arquitetura e hotelaria com altíssimo padrão de qualidade, design, inovação e pesquisa constante. Algumas exigências são qualidade, pontualidade na entrega, capacidade e qualidade de instalação, agilidade no atendimento e preços competitivos. Nestes 15 anos de atividades temos um portfólio de de 83 hotéis implantados no Brasil e exterior e atualmente estamos envolvidos com 33 projetos de hotéis no Brasil, seja em estudos ou em execução.

Revista Hotéis — Como está a atuação da Hamam no exterior?

Leonardo Hamam — Como estamos trabalhando atualmente com 33 empreendimentos, seja em fase de estudos e implantação, focamos nossos esforços no Brasil. Neste ano voltaremos a implantar hotéis no exterior, pois existem muitas oportunidades e temos know how e expertise necessária.

Revista Hotéis — Existe muita diferença em implantar um hotel no Brasil e no exterior?

Leonardo Hamam — Sem dúvida alguma, a principal diferença é o cliente. No exterior eles já reconhecem o benefício de contratar uma empresa especializada em projeto de interiores e implantação hoteleira. Em resumo, eles sabem que uma empresa como a Hamam Development poderá reduzir o investimento em FF&E e OSE do hotel e a entrega será com qualidade, sem contar que fora do Brasil o mercado funciona de forma setorizada, cada um cuida da sua especialidade. Um ponto muito positivo que adquirimos com essa experiência no exterior foi que tivemos que mudar nossa metodologia para atender o mercado internacional, e com isso evoluímos nossa metodologia para atender o mercado nacional. Existem diversos clientes no Brasil que reconhecem o valor de uma empresa de projeto de interiores e implantação hoteleira. Mas existem também muitos clientes nesse País que não entendem e tampouco reconhecem o que é e como se faz uma implantação hoteleira, então cabe a nós o desafio de reverter isso.

Revista Hotéis — Como você está enxergando o atual momento econômico e no que isto influencia nos planos de crescimento da Hamam?

Leonardo Hamam — A economia do Brasil está cada dia mais complicada, deixando os empresários cada dia mais tensos. Entendo que esse ano será de muito trabalho pensando em retorno somente nos próximos anos. Como nossos contratos tem longa duração iremos suportar com muito equilíbrio passar por uma possível crise. Mas em contrapartida entendemos que os empresários do Brasil são naturalmente arrojados e destemidos e que apesar das diversas crises que passamos ao longo dos anos vamos conseguir passar por mais essa, independente do governo fazer seu trabalho.

Revista Hotéis — Em relação ao mercado hoteleiro no Brasil, qual é sua perspectiva para os próximos anos?

Leonardo Hamam — Acredito que a expansão das grandes redes deve continuar, desde o ano passado sentimos o forte crescimento no interesse das redes norte americanas efetivamente se instalarem no Brasil. Hoje em sua maioria todas possuem equipes locais de projetos e implantações, o que facilita muito o nosso trabalho. As redes brasileiras também tem se profissionalizado muito nesse aspecto, com novos standards e reconhecendo a necessidade de se projetar e implantar Hotéis com alta qualidade, independente da categoria do Hotel. Há também o fator da CVM nos lançamentos de condo Hotéis, o que tem atrapalhado um pouco as grandes construtoras e incorporadoras que são nossos grandes clientes. Isso pode atrasar um pouco essa expansão, mas certamente esseassunto será decidido com muita sabedoria pelos responsáveis do setor.

Revista Hotéis — Hoje você é um empresário de sucesso que conseguiu superar os desafios e a quem dedica esta vitória profissional?

Leonardo Hamam — Ao meu Pai Munir Hamam que me inspirou a ter convicção e tentou me ensinar a ter paciência. A minha mãe, sempre me dando apoio moral, a minha esposa, que esteve e está sempre ao meu lado em todos os momentos. Aos meus irmãos Thiago Hamam que é um bravo batalhador e braço direito, e ao Gustavo Hamam, nobre, leal, bom vendedor e companheiro. Um agradecimento pelo nosso sucesso vai também para todos meus gerentes que são super profissionais, a todos colaboradores e todos os clientes que acreditaram que poderíamos superar suas expectativas e aos nossos fornecedores que estão do nosso lado na batalha diária.

SHARE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image