EntrevistaÚltimas Notícias

Tiago Altenburg, um nome, uma marca

Como quarta geração na gestão de uma empresa centenária fundada pela sua bisavó, uma viúva imigrante, Tiago tem muitos desafios

No dia 1° de janeiro desse ano Tiago Altenburg assumiu a presidência da Altenburg, uma das maiores indústrias têxteis do Brasil e com forte presença no segmento hoteleiro. Engenheiro têxtil formado pelo SENAI-CETIQT – RJ, desde jovem ele já acompanhava todas as reuniões de diretoria da empresa comandada pelo seu pai Rui e passou por várias áreas e aprimoramento através de cursos.

Publicidade
GTA

Como quarta geração na gestão de uma empresa centenária fundada pela sua bisavó, uma viúva imigrante, que começou a produção artesanal de acolchoados na necessidade de sustento de uma família, Tiago tem muitos desafios. Ele recebe uma empresa consolidada, financeiramente saudável e próspera, com um portfólio muito diversificado de produtos, estruturada em termos de gestão, tecnológica e com uma governança corporativa experiente, sustentável e apta a ser referência no segmento por muitos anos.

Manter o planejamento estratégico para crescer mais de 70% nos próximos quatro anos e levar a empresa para faturamento de R$ 1,2 bilhão em 2027 é um dos desafios, de Tiago Altenburg, um nome, uma marca. Confira nessa entrevista exclusiva.

Revista Hotéis – Como você analisa a trajetória da empresa fundada pela sua bisavó Johanna Altenburg em 1922, uma viúva imigrante, que começou a produção artesanal de acolchoados na necessidade de sustento de uma família. Que legado ainda permanece na empresa até os dias atuais?

Tiago Altenburg – Com muito orgulho, uma emoção realmente indescritível. Quando penso nisso; que sou legado de minha bisavó, tudo me parece muito distante, mas quando estou aqui na unidade fabril, com o movimento de vai e vem de pessoas, cargas, montanhas de tecidos ao som de máquinas de costura, tudo fica real e até, porque não dizer, mágico. Pensar que já se foram mais de 100 anos: inúmeros desafios, ora climáticos, planos econômicos e diversas políticas de gestão tendo ao fundo diversos planos econômicos e que nos obrigaram a nos adaptarmos rapidamente e estrategicamente a cada situação, sob pena de perdas financeiras e até administrativas na gestão do nosso negócio. Administrar e ser empreendedor nesta ciranda financeira e política requer muita experiência e agilidade na tomada de decisões. E esse, acredito ser um dos grandes legados que recebi de meu pai, que por mais de 50 anos esteve à frente do negócio e gerindo com maestria nossa empresa, oportunizando emprego e renda para milhares de pessoas, inovando, criando tendências e desenvolvendo produtos com design que são fabricados e alguns com destaque em nosso catálogo de vendas até os dias de hoje.

Publicidade
Desbravador

R.H – Você assumiu a partir de 1° de janeiro desse ano a presidência da Altenburg. Como foi a sua jornada até aqui, pois marca a quarta geração familiar na gestão de uma empresa, algo raro no Brasil. Qual é a receita do sucesso e como funciona o plano de sucessão da empresa?

T.A – Todas as empresas familiares ou não estão sujeitas ao processo de sucessão dos cargos chaves. Almejar a longevidade requer planejamento principalmente em empresas familiares, onde questões emocionais e o vínculo dos sócios são mais fortes. Almejar a longevidade requer planejamento principalmente em empresas familiares, onde questões emocionais e o vínculo dos sócios são mais fortes. Em janeiro de 2007, recém-formado Engenheiro Têxtil pelo SENAI-CETIQT – RJ, iniciei na área de projetos, desde o 1º dia acompanhando todas as reuniões de diretoria. Passei pelas áreas de qualidade, vendas – acompanhando a equipe comercial junto aos clientes -, Diretoria Industrial, Marketing e mais recentemente como vice-presidente, visando adquirir a bagagem necessária para tomar decisões assertivas e continuar impulsionando o negócio juntamente com uma grande equipe de profissionais. O nosso sucesso mostra que acertamos muito mais do que erramos, mas sempre utilizei a minha participação nas inúmeras decisões de negócio para evoluir e sou muito grato ao meu pai por ter a paciência em me proporcionar este aprendizado.

Tiago Altenburg, um nome, uma marca
Manter o planejamento estratégico para crescer mais de 70% nos próximos quatro anos e levar a empresa para faturamento de R$ 1,2 bilhão em 2027 é um dos desafios, de Tiago Altenburg (Foto – Pedro Waldrich)

Começo lembrando que além do saudosismo pela trajetória da minha família alguns dados e números de uma realidade muito latente em nosso País, segundo dados do Sebrae Nacional, apenas 30% dos negócios sobrevivem aos primeiros dois anos. E que 40% dessas empresas, não resiste por mais de cinco anos. Além de números de uma triste estatística, são fatos reais. E pra não tornar nossa entrevista em uma planilha de excel, com dados de sobrevida das empresas nacionais, tenho mais um dado e este ostentado por nós, na Altenburg, com muito orgulho: segundo dados do Observatório da FIESC, nossa entidade empresarial do estado, somos 12 empresas com mais de 100 anos em Santa Catarina, uma referência que adotamos e multiplicamos com muito orgulho.

Por isso, considero minha missão muito especial e com grande responsabilidade. O processo preparatório é importante. Aqui trago mais um dado: de acordo com pesquisa da Talenses Executive, consultoria especializada em cargos de liderança e conselhos, apenas 33% das organizações no Brasil têm um programa formal de preparação de sucessores para a alta cúpula. O plano de sucessão, ou como chamamos na Altenburg, de continuidade, contribui para fomentar o negócio, para deixá-lo mais adaptável às mudanças do mercado, com transparência ao processo de escolha e maior segurança para todos os players envolvidos.

Publicidade
Clima ao Vivo

R.H – Seu pai Rui Altenburg permaneceu no comando da empresa por 54 anos. Qual o legado deixado por ele, os desafios que você terá pela frente e os objetivos que espera alcançar?

T.A – Muito estudamos e entendemos que estamos maduros para mantermos a gestão sob controle familiar, focando não apenas no legado, mas também na expansão, tanto de nossas lojas e fábricas, bem como com os novos modelos de atuação frente ao mercado. Será um processo que trará ainda mais orgulho para o cenário empresarial de Santa Catarina. A nossa continuidade foi planejada e chancelada pela nossa história, nossas raízes e tradições. Recebo uma empresa consolidada, financeiramente saudável e próspera, com um portfólio muito diversificado de produtos, estruturada em termos de gestão, tecnológica e com uma governança corporativa experiente, sustentável e apta a ser referência no segmento por muitos anos.

Tiago Altenburg, um nome, uma marca
Da esquerda a direita da foto, O ex-CEO da Altenburg, Rui Altenburg com seu filho Tiago Altenburg, o novo CEO – Crédito da foto – Pedro Waldrich

Com um compromisso renovado com a excelência e a inovação, a Altenburg está pronta para alçar voos ainda mais altos, impulsionados pela determinação de toda a equipe e liderança inspiradora. A Altenburg está direcionando esforços para uma integração sinérgica entre as equipes de marketing, vendas e desenvolvimento de produtos, visando uma estratégia coesa de GTM que aperfeiçoe a eficiência e a penetração no mercado. Com a perspectiva de alavancar os resultados e consolidar a presença no mercado, a empresa está focada em aprimorar sua abordagem de GTM para otimizar a entrada de produtos, expandir a distribuição e fortalecer os relacionamentos com os clientes. Adotamos um novo planejamento estratégico para crescer mais de 70% nos próximos quatro anos. O projeto visa levar a empresa para faturamento de R$ 1,2 bilhão em 2027.

“Com um compromisso renovado com a excelência e a inovação, a Altenburg está pronta para alçar voos ainda mais altos, impulsionados pela determinação de toda a equipe e liderança inspiradora”

Publicidade
APP da Revista Hoteis

R.H – Como é ter um sobrenome que é uma marca referência no Brasil em enxoval de cama e banho? Isso ajuda muito ou já gerou alguma situação embaraçosa?

T.A – Em um plano mais amplo, muito orgulho, imagina você viajando por esse nosso enorme país e encontrar nossa marca em uma etiqueta, em um ponto de venda, num hotel ou na casa de um amigo…. Desde pequeno, na escola já sentia o “peso” de ter um sobrenome conhecido na cidade e de certa forma, as nossas decisões de marca, acabam levando muito em consideração a reputação, tanto da marca como das pessoas.

R.H – Como a Altenburg está posicionada hoje no mercado?

T.A – Como presidente da empresa, posso afirmar que a Altenburg continua a consolidar sua posição como uma das principais referências no segmento de produtos para o bem dormir e bem viver, o jeito com que “traduzimos” bem-estar no lar. Em relação ao nosso parque industrial, mantemos um investimento constante em tecnologia e inovação para garantir a produção de produtos de alta qualidade. Nossas instalações são modernas e eficientes, permitindo a fabricação de uma ampla variedade de itens que atendem às demandas diversificadas de nossos clientes. Além disso, estamos investindo para ampliar nossa capacidade de outsourcing e diversificar fornecedores de matérias-primas e produtos confeccionados ao redor do mundo.

Tiago Altenburg, um nome, uma marca
A Altenburg é uma empresa centenária que conta com várias parques industriais – Divulgação

No que diz respeito à expansão de nossa presença no mercado, continuamos a fortalecer nossa rede de lojas, proporcionando uma experiência de compra diferenciada aos consumidores. Além das lojas monomarcas, continuamente buscamos aprimorar o relacionamento com nossos parceiros multimarcas ao longo de todo o país e América Latina. Também estamos investindo de forma significativa no fortalecimento de nossa presença online, acompanhando as tendências do mercado e facilitando o acesso aos nossos produtos. Uma outra estratégia arrojada é na internacionalização da marca, visando novos mercados no hemisfério norte.

A equipe de colaboradores desempenha um papel fundamental em nosso sucesso. Atualmente, contamos com uma equipe dedicada e altamente qualificada, comprometida com a excelência em todos os aspectos do nosso negócio. Investir nas pessoas é essencial para alcançar o sucesso sustentável, e acreditamos que para entregar bem-estar, precisamos vivê-lo intensamente todos os dias.

Quanto aos produtos fabricados, a Altenburg continua a oferecer uma ampla gama de soluções para o sono saudável, confortável e contribuindo com a beleza no cotidiano dos lares. Desde travesseiros, na qual somos referência no mercado e líder de produção na América Latina, edredons e até roupas de cama e banho de alta qualidade, buscamos constantemente inovar e atender às expectativas dos consumidores mais exigentes.

Em resumo, a Altenburg está bem posicionada no mercado, com um parque industrial robusto de quatro unidades no Brasil e uma no Paraguai, uma rede de 15 lojas próprias em crescimento com projeto de franquia, uma equipe talentosa e produtos de excelência. Estamos comprometidos em continuar inovando e proporcionando conforto e qualidade de vida aos nossos clientes.

Publicidade
Ameris

R.H – O que representa o segmento hoteleiro para a Altenburg? Quanto possuem de market share, esse setor funciona como uma espécie de ‘vitrine’ onde os hóspedes podem experimentar os produtos e depois adquirir para suas residências? Que análise você faz?

T.A – O segmento hoteleiro desempenha um papel estratégico significativo para a Altenburg. Além de ser uma importante fonte de receita, representa uma vitrine valiosa para que os consumidores experimentem a qualidade e o conforto de nossos produtos. A presença nos hotéis com a marca Hoteltex, que está há mais de 26 anos no mercado, proporciona aos hóspedes uma experiência prática com nossos itens, gerando confiança e familiaridade com a marca. Em relação ao market share, embora não disponha dos números exatos neste momento, posso afirmar que a Altenburg tem uma presença substancial no mercado hoteleiro. Colaboramos com diversos estabelecimentos renomados, e a qualidade reconhecida de nossos produtos tem contribuído para fortalecer nossa posição.

O setor hoteleiro funciona de fato como uma vitrine importante. Os hóspedes, ao experimentarem a qualidade do nosso enxoval de cama, banho, travesseiros e outros itens, têm a oportunidade de vivenciar o conforto que oferecemos. Essa experiência positiva muitas vezes leva os consumidores a optarem por adquirir nossos produtos para suas residências, criando uma relação direta entre a experiência no hotel e a preferência pela marca em suas casas.

A análise desse cenário é bastante positiva. Além dos benefícios financeiros, a presença no setor hoteleiro funciona como uma estratégia eficaz de marketing, proporcionando exposição direta aos consumidores e consolidando a reputação da Altenburg como uma marca confiável e sinônimo de qualidade. Estamos comprometidos em manter e expandir nossa presença no segmento, buscando continuamente inovações e parcerias estratégicas para fortalecer ainda mais nossa posição no mercado e levar mais bem-estar aos nossos consumidores enquanto hóspedes também.

R.H – Como a Altenburg trabalha com o conceito ESG, que ações e iniciativas possuem, quais as conquistas já obtidas e o que ainda espera alcançar?

T.A – O conceito ESG é de extrema importância para a Altenburg, e estamos comprometidos em integrá-lo em todas as dimensões de nossa operação. Como parte de nossa estratégia corporativa, implementamos diversas ações e iniciativas para fortalecer nosso desempenho nesses três pilares. No âmbito ambiental, temos investido em práticas sustentáveis em nosso parque industrial, buscando constantemente maneiras de reduzir nosso impacto no meio ambiente, desde a adoção de processos mais eficientes até a gestão responsável dos recursos naturais.O Comitê de sustentabilidade criou nosso primeiro plano estratégico do tema, orientado pela Rastro Consultoria, de Jaraguá do Sul, e em 2022 evoluiu para a criação da área de sustentabilidade, que passou a orientar a agenda ESG na empresa. Em 2016 a empresa realizou o primeiro inventário de gases efeito estufa e adotou energia elétrica de fontes renováveis em 100% do consumo das duas unidades de Blumenau (SC), além da implementação em 2023 na unidade Nordeste a energia de fontes renováveis.

“O conceito ESG é de extrema importância para a Altenburg, e estamos comprometidos em integrá-lo em todas as dimensões de nossa operação”

Na dimensão social, estamos empenhados em promover um ambiente de trabalho inclusivo e diversificado. Valorizamos a segurança, o bem-estar e o desenvolvimento de nossos colaboradores. Além disso, buscamos ativamente apoiar as comunidades em que estamos inseridos, por meio de iniciativas sociais e programas que contribuam para geração de renda e educação infantil. No que diz respeito à governança, mantemos altos padrões éticos e de transparência em todas as nossas operações. Temos políticas claras e procedimentos que asseguram a conformidade com regulamentações e normas aplicáveis. A governança eficaz é crucial para manter a confiança de nossos stakeholders, sejam eles clientes, colaboradores, investidores ou parceiros de negócios. Em termos de conquistas, temos avançado consideravelmente em nossa jornada ESG. Ampliamos práticas sustentáveis em nossas operações e vimos uma melhoria contínua em diversos indicadores de desempenho ambiental, social e de governança.

Estamos comprometidos em estabelecer metas ambiciosas e alcançar resultados tangíveis em nossa jornada ESG. Isso inclui a expansão de nossas práticas sustentáveis, o aprimoramento de programas sociais e a contínua busca por melhores práticas de governança corporativa. Nossa visão é ser uma referência no setor não apenas pela qualidade de nossos produtos, mas também pelo compromisso sólido com princípios ESG. Estamos cientes da responsabilidade que temos como empresa e continuaremos a evoluir, contribuindo positivamente para o meio ambiente, para as comunidades em que atuamos e para o desenvolvimento sustentável em longo prazo.

“A Hoteltex está há mais de 26 anos no mercado hoteleiro proporcionando aos hóspedes uma experiência prática com nossos itens, gerando confiança e familiaridade com a marca”

Publicidade
Harus

R.H – Como se encontra os investimentos em tecnologia e inovação de produtos? E o que levam em consideração no desenvolvimento?

T.A – Os investimentos em tecnologia e inovação ocupam um lugar central em nossa estratégia empresarial. Nosso foco na inovação de produtos é na busca de materiais inovadores que conferem conforto e funcionalidades adicionais, como easycare, termoreguladores, ergonomia etc, e conferindo mais sustentabilidade também via inovação. Reconhecemos que a evolução constante é essencial para atender às demandas do mercado e superar as expectativas dos nossos clientes. Atualmente, nossos esforços nesse sentido têm se concentrado em diversas frentes.

Em relação à tecnologia, temos buscado implementar soluções modernas em nossos processos produtivos, desde a concepção até a fabricação. Isso inclui a adoção de maquinário de última geração e sistemas avançados para garantir eficiência e qualidade em todas as etapas. Além disso, investimos em sistemas de gestão que otimizam a produção e a logística, contribuindo para uma operação mais ágil e eficaz.

No âmbito da inovação de produtos, priorizamos a pesquisa, recentemente estivemos com o time de marketing e produto em feiras na Europa e o desenvolvimento de novos materiais e designs que atendam às necessidades do mercado contemporâneo. Levamos em consideração as tendências de estilo de vida, sustentabilidade e conforto, para criar produtos que não apenas estejam alinhados com as expectativas do consumidor, mas que também antecipem necessidades futuras. Além disso, a colaboração estreita com nossos clientes e parceiros, é fundamental em nosso processo de desenvolvimento. Ouvimos atentamente o feedback do mercado e procuramos entender as demandas específicas de cada cliente, para adaptar nossos produtos de acordo.

Em resumo, nossos investimentos em tecnologia e inovação refletem nosso compromisso contínuo com a excelência e a satisfação do cliente. Estamos constantemente explorando novas oportunidades e colaborando com especialistas do setor para garantir que a Altenburg permaneça na vanguarda da indústria de produtos de cama e banho.

R.H – Quais os principais desafios que é empreender no Brasil, onde alguns especialistas afirmam que até o passado é incerto?

T.A – A segurança jurídica está muito frágil em nosso País, e a atuação do governo com aumento de impostos e burocracia prejudica o empreendedorismo. Seria muito interessante termos governos que incentivem o empreendedor a investir e ampliar negócios com o mundo e isso muito simples: é só não atrapalhar. Temos exemplos práticos como nos estados de São Paulo e Minas Gerais que estão promovendo mais empregos e investimentos, com economias diversificadas e reduzindo o custo operacional do governo para reduzir tributação. Precisamos ampliar essa conduta para todos o país para ampliar nossa competitividade no mundo. O Brasil possui um potencial enorme e sou otimista em relação ao futuro. Acredito na consciência da nossa sociedade e na força do povo brasileiro.  

R.H – Como você enxerga a Altenburg nos próximos anos? O que o mercado hoteleiro e os consumidores podem esperar?

T.A – A Altenburg continuará a ser uma referência na indústria de produtos de cama e banho, mantendo nosso compromisso com a qualidade, inovação e satisfação do cliente. Nosso foco principal é oferecer soluções que não apenas atendam, mas excedam as expectativas do mercado hoteleiro e dos consumidores. No mercado hoteleiro, estamos comprometidos em fortalecer ainda mais nossa posição como um parceiro confiável e inovador. Pretendemos expandir nossa presença, colaborando estreitamente com estabelecimentos de todos os portes para fornecer enxovais que ofereçam conforto excepcional e uma experiência memorável aos hóspedes, bem como otimizando o custo operacional e os ganhos do empreendimento. Investiremos continuamente em tecnologia e design para proporcionar produtos que atendam às demandas em constante evolução desse setor que é dinâmico.

Para os consumidores, a Altenburg continuará a ser sinônimo de qualidade, conforto e estilo. Estamos atentos às tendências de mercado e às necessidades dos clientes, e isso se refletirá em nossa gama de produtos. Planejamos expandir nossa oferta com produtos inovadores, sustentáveis e alinhados às expectativas de um público cada vez mais exigente. Buscamos criar uma experiência diferenciada tanto no ato da compra como ao longo da utilização dos produtos e serviços.

Com a visão de promover um impacto positivo, a Altenburg reafirma seu compromisso com a excelência, a inovação e a sustentabilidade em todas as etapas de seu processo produtivo, mantendo-se como referência no mercado têxtil global. A empresa conta com um arrojado planejamento de expansão, almejando alcançar o faturamento de 1 bilhão e 200 milhões de reais até 2027, ou seja, duplicar de tamanho, abarcando novos mercados e dialogando cada vez mais com o consumidor.

Em resumo, vejo a Altenburg nos próximos anos como uma empresa resiliente, adaptável e centrada no cliente. Queremos surpreender e encantar nossos parceiros no mercado hoteleiro e os consumidores finais, nos mantendo na vanguarda da inovação e mantendo os mais altos padrões de qualidade que sempre foram associados à nossa marca.

Publicidade
Anuncie conosco

Edgar J. Oliveira

Diretor editorial - Possui 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhou em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já foi Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA