HOME Matérias Aconteceu Recrutamento nos hotéis é tema de palestra na 35ª edição da Fispal...

Recrutamento nos hotéis é tema de palestra na 35ª edição da Fispal Food Service

39
0
SHARE
Os participantes mostraram muito conhecimento técnico

Esse painel que terminou agora a pouco na Arena Food & Beverage for Hotels by Accor que foi montada na 35ª edição da Fispal Food Service, teve os seguintes palestrantes: Maurício Reis – Gerente de T&C Midscale & Economy Brands do Grupo Accor; Rodrigo Cavalcanti – Gerente de Talento e Cultura Pullman SP Vila Olímpia; Paulo Castro, Chef do Novotel Jaraguá, Fabiane Dias – Gerente de Talento e Cultura Grand Mercure SP Ibirapuera e Geraldo Santos, Coordenador de Alimentos e Bebidas do Grand Mercure Ibirapuera. Essa atração inédita que teve início ontem e prossegue até amanhã ao término da feira, oferece conteúdo de alta qualidade com grandes chefs, executivos e empreendedores do mercado.

Mauricio Reis: “Atitude é tudo”

Quem iniciou as palestras foi Maurício Reis que destacou que na contratação na Accor a mais importante avaliação do candidato não é conhecimento técnico, mas sim atitude. “Podemos ensinar alguém a fazer o que é ensinado, mas não atitude. Ela se reflete em ser positivo, a ter mente aberta, criativo e ter paixão pelo cliente e público. Tentamos identificar atitude na hora de contratar nossos talentos no que diz respeito a gostar de pessoas a ser acolhedor e hospitaleiro. E quem possui essas características, tem grandes chances de crescer na carreira”, revelou Reis.

Paulo Castro: “Devemos aproveitar as oportunidades para crescer profissionalmente”

Atitude é tudo

E para ilustrar bem o que ele disse, o Chef Paulo Castro iniciou sua participação mencionando que é imigrante nordestino que veio para São Paulo em busca de oportunidades, em razão das condições adversas de onde morava e narrou um pouco as dificuldades e o convívio com seus pais e como eles preparavam alimentos. “Sai do Ceará com 18 anos, trabalhei no Buffet Rosa Rosarium na área de limpeza e quando apareceu a oportunidade de começar no Novotel Jaraguá de stewart (lavando panela), essa foi uma oportunidade única. Apostei que seria essa minha carreira a seguir a procurei me empenhar ao máximo para crescer. Fiz faculdade e me formei na Hotec e apareceu a oportunidade de entrar como chefe de cozinha no Novotel Jaraguá e continuo em busca de novos desafios”, diz o Chef Paulo.

Geraldo Santos: “A Accor me deu as condições para crescer e sou muto grato”

Geraldo também deu seu testemunho parecido de como começou no Sofitel São Paulo, também na área de stewart. “Não tinha conhecimento do setor, mas enxergava como uma oportunidade de crescer e se consolidar na carreira. Passei a estudar inglês e francês, foi garçon, primeiro maitre e fui crescendo na carreira e hoje sou Coordenador de alimentos e bebidas e sou grato a Accor pela oportunidade”, disse Geraldo.

Fabiane Dias: “O comportamental pesa na hora da contratação”

Vontade de crescer

Fabiana disse que quando abre uma vaga, no processo seletivo o que pesa é o comportamental, pois ensina o básico é fácil. “Quando recrutamos alguém, identificamos nela a vontade para crescer e desenvolver. Nós damos treinamento, qualificação e todas as ferramentas, mas a vontade e atitude de crescer, depende de cada um”, revelou Fabiana.

Rodrigo Cavalcanti – Gerente de Talento e Cultura Pullman SP Vila Olímpia

Rodrigo Cavalcanti também destacou que atitude é primordial na contratação de um novo colaborador na Accor. “Buscamos pessoas que tenha vontade de crescer, ser criativos, procuramos sentir o que o candidato pode colaborador conosco e crescer”.

Maurício Reis encerrou o painel dizendo que a Accor contrata anualmente de quatro a cinco mil colaboradores. “Desses, ¼ são da área de alimentos e bebidas, que demanda muita mão de obra na entrada em operação de nossos hotéis”, concluiu.

Para enviar curriculuns e ver as oportunidades, basta acessar o site www.accorcareers.com

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image