Publicidade
Leceres

Projeto Chef Aprendiz Vila Andrade apresenta pratos sofisticados

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Competição gastronômica foi a cereja do bolo para jovens mostrarem os conhecimentos adquiridos durante as oficinas do Chef Aprendiz, que aconteceu no Renaissance São Paulo Hotel

Que tal um menu com pratos que já poderiam fazer parte do menu de chefs renomados? Começa com uma entradinha de nachos com creme de abacate e vinagrete de feijão-fradinho, seguido de capeletti recheado com carne seca e abóbora ao molho de tomates defumados, de dar água na boca, e finalizando o cardápio, duas sobremesas se destacam, a cocada de forno com sorvete de baunilha artesanal e o crumble de pêra com sorvete de banana artesanal.

Publicidade
Clima ao Vivo

Estes foram os pratos campeões que compuseram parte do menu apresentado pelos três grupos do evento que marca o encerramento do ciclo de oficinas do Chef Aprendiz Vila Andrade, 9ª edição do projeto com o patrocínio master via lei de incentivo pelo Pro-Mac da rede atacadista holandesa Makro. O evento aconteceu no dia 20 de fevereiro, no Renaissance São Paulo Hotel, que cedeu a cozinha e toda a infraestrutura necessária para realização da final e que promove e abraça ações como esta. O Chef Aprendiz conta com um ciclo de oficinas com atividades voltadas para habilidades socioemocionais, trabalho em equipe, introdução ao universo da gastronomia, técnicas culinárias e mercado de trabalho. A finalidade principal é desenvolver pessoas, utilizando a gastronomia como fio condutor de todo o currículo ao longo do processo que dura aproximadamente um semestre visando empoderar os jovens para ingressarem no mercado de trabalho de forma mais segura e preparada.

Publicidade
Faitec

Além dos pratos, Jefferson Silva Santos, André Luiz Pereira Lima e Victoria Santos Silva foram os ganhadores individuais, que tiveram seus desempenhos avaliados pelo time do projeto em todas as oficinas desta edição. Mas neste dia, todos os participantes também foram avaliados por uma banca de jurados composta por chefs de cozinha e donos de restaurantes com a intenção de contratá-los. A avaliação inclui diferentes critérios como criatividade, sabor, temperatura e apresentação dos pratos. Entre os jurados estavam representantes do Casa Santo Antonio, Restaurante 31, La Minuta, Renaissance Intercontinental e Emiliano. Os comentários dos chefs durante a avaliação dos pratos foram unânimes: tanto a apresentação, quanto o sabor, estavam em um nível muito alto.

Durante cerca de cinco horas, os jovens ficaram no preparo de suas receitas, participaram de uma dinâmica relaxar e aquecer os corpos e, antes de iniciar a etapa de finalização e apresentação dos pratos, todos ganharam uma dolmã, vestimenta que profissionais que trabalham em cozinhas usam.

Neste dia, por meio de um representante, o Makro Atacadista presenteou todos os jovens da edição com uma sacola repleta de produtos da marca voltados ao universo da cozinha italiana. A marca Oster® participou da premiação dos jovens ganhadores doando eletroportáteis incríveis. A AVSC Audiovisual cuidou de todos os aparatos de som, TV e microfones e o Quintal das Artes cedeu toda a cerâmica para elevar ainda mais a apresentação dos pratos.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

De acordo com Beatriz Mansberger, fundadora do projeto, “É muito lindo ver todo o desenvolvimento desses jovens. Ficamos com eles por pelo menos seis meses, preparando-os para o futuro mercado de trabalho. Mas mais do que isso: todo o trabalho que desenvolvemos no Chef Aprendiz vai muito além das aulas de gastronomia. Ele serve de base para podermos formar futuros cozinheiros e cidadãos para o mundo, pois olhamos o indivíduo por completo”.

Durante toda a jornada de aprendizado, os jovens tiveram a oportunidade de frequentar oficinas de culinária e disciplinas que fazem parte deste universo, além de participarem de atividades voltadas para habilidades socioemocionais e para o mercado de trabalho. “Oferecemos todo o suporte nos primeiros passos desta transição para a vida adulta”, comenta Beatriz.

O projeto, que atua desde 2015 com oficinas semanais em comunidades da cidade de São Paulo, já formou mais de 130 alunos e tem como principal missão desenvolver e capacitar jovens em situação de vulnerabilidade e encaminhá-los para trabalharem em cozinhas de estabelecimentos parceiros.

Protocolos de higiene e segurança

O projeto Chef Aprendiz reitera seu compromisso com a preservação da saúde e a integridade dos jovens durante todas as aulas e a competição final. Para garantir um ambiente saudável, toda a equipe e alunos recebem equipamento de proteção individual, além de ser indispensável a medição corporal antes da entrada nas oficinas e comprovante de vacina.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA