Publicidade
FOHB

Hotéis da rede THG registraram no mês de julho resultados positivos

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

O grupo THG – Transamérica Hospitality Group, braço de administração hoteleira da Rede Transamérica e que há 20 anos mantém empreendimentos nas cidades de São Paulo (SP), interior paulista, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Vila Velha (ES) e Recife (PE), só tem motivos para comemorar. Seus empreendimentos superaram todas as metas e objetivos planejados para 2011.
O hotel Transamérica Prime Paradise Garden, localizado na capital paulista, por exemplo, registrou no mês de julho uma ocupação de 92,9% e Diária Média (DM) de R$ 329,23. Já as unidades Transamérica Classic La Residence e Transamérica Classic Victoria Place, ambas em São Paulo, atingiram uma ocupação de 82,8% e 81,6% e Diária Média de R$ 219,09 e R$ 250,26, respectivamente. Este último superou a meta estabelecida pela rede em 15%.
Outras unidades que merecem destaque no período são o Transamérica Prime Batel, em Curitiba (PR), com 79,4% de ocupação e R$ 186,01 de DM; e os empreendimentos paulistanos Transamérica Executive The Advance (77,1% de ocupação e R$ 226,26 de DM), Transamérica Executive 21st Century (76,5% de ocupação e R$ 231,67 de DM), Transamérica Classic Higienópolis (76,1% de ocupação e R$ 253,94 de DM) e Transamérica Classic Opera (76% de ocupação e R$ 234,67 de DM).
O Transamérica Hospitality Group teve, no período de janeiro a julho, um aumento de 35% no faturamento, 13% na Diária Média e 7% na ocupação, comparado com o mesmo período de 2010. “Mesmo considerando um mercado bastante aquecido, esses índices de crescimento são acima da média registrada no mercado como um todo”, comenta o Gerente administrativo do grupo, Romulo P. Silva.
Ainda durante o período, alguns empreendimentos merecem destaque como o Transamérica Executive The Special (São Paulo), Transamérica Prime Batel (Curitiba) e Transamérica Executive The First (Sorocaba) que, até o momento, já registram faturamento semestral acima de 40%, comparado com o ano de 2010. Entre os indicadores que chamam a atenção nessas unidades estão a Diária Média do The Special que cresceu 30% e a taxa de ocupação do Batel, que cresceu 27%. “Podemos afirmar que o mês de julho foi muito bom para a hotelaria, mas esperamos resultados ainda melhores para os próximos meses”, finaliza Romulo.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA