Publicidade
LG Eletronics

Gestão de Pessoas: a ciência da felicidade foi debatida no II Fórum Nacional da Hotelaria

Com o tema ‘Gestão de Pessoas: a ciência da felicidade’, Carlos Aldan, CEO do Grupo Kronberg Brasil – Coaching e Soluções de Produtividade – participou há pouco do II Fórum Nacional da Hotelaria, evento promovido pelo FOHB que acontece hoje (9) no Centro de Convenções Pullman e Grand Mercure Vila Olímpia, na capital paulista, e tem a Revista Hotéis como Mídia de Apoio.

Publicidade
Harus

Carlos Aldan abriu sua palestra abordando a positividade e os resultados de negócios e na vida. “Todos nós procuramos, consciente ou inconscientemente, a felicidade. Hoje, temos uma ciência que nos ajuda a promover a positividade: a psicologia positiva, que nasceu nos anos 1990 com Dr. Martin Seligman, considerado o pai da ciência.

Carlos Aldan: “Pessoas positivas ganham mais dinheiro”

Por que a positividade?

De acordo com o especialista, os benefícios de ser uma pessoa positiva são muitos:

– pessoas positivas ganham mais dinheiro;

– são mais saudáveis;

– são mais resilientes;

– são melhores líderes e negociadores;

– superam dificuldades mais facilmente;

– têm casamentos mais bem sucedidos;

Publicidade
APP da Revista Hoteis

O grande desafio da Kronberg, explicou Aldan, é mostrar aos empresários que, ao cuidar do bem-estar de seus colaboradores, você melhora os resultados da empresa. “Fazemos uma análise completa da companhia. Assim, identificamos as falhas e, então, desenvolvemos as melhores soluções”.

Publicidade
LG Eletronics – Meio

Pessoas de sucesso são mais felizes?

De acordo com ele, a positividade promove o esforço que, posteriormente, leva ao sucesso. 50% da nossa felicidade é biológica, ou seja, é hereditária, herdamos de nossos pais. 10% são resultado das circunstâncias, que sugere frases como: “quando eu me casar, serei feliz. Ou quando eu comprar aquele carro, serei feliz”. 40% vêm de atividades intencionais, como relacionamentos com propósito e de qualidade, além de valorizar as coisas boas da vida e ser grato. Além disso, atos de bondade/contribuição, como uma gentileza, faz parte do processo de encontrar a felicidade. “Um estudo de Harvard seguiu 724 homens durante todas as suas vidas. Os mais felizes foram os que tinham mais sucesso nos relacionamentos, correlação com saúde e bem-estar”, finalizou ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA