Publicidade
Trofeu Fornececor

FBHA é contra novo imposto proposto pelo Ministério da Economia

O Presidente da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio, entre outros representantes de entidades do setor produtivo, participou ontem (23) de uma videoconferência com o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Na oportunidade, o ministro pediu o apoio do empresariado para pressionar o Congresso Nacional pela aprovação do novo tributo sobre transações, que deverá financiar a desoneração da folha de pagamento.

Publicidade
Retomada do turismo

 

A FBHA, assim como a maioria das entidades presentes, posicionou-se contra a proposta de criação da CBS – Contribuição sobre Bens e Serviços, apresentada no último dia 21 pelo governo. Para Sampaio, uma alíquota de 12%, sem desoneração, é impraticável, levando ao colapso do setor. “Pedimos a prorrogação das medidas, que permitem a suspensão do contrato de trabalho e a redução da jornada e salários”, disse Sampaio.

Publicidade
RAP Engenharia

 

Segundo o dirigente sindical, sem elas, as 300 mil demissões que já foram registradas este ano podem dobrar, se nada for feito. O setor de Hospedagem é um dos segmentos mais heterogêneos do ponto de vista fiscal. Isso porque há empresas que pagam de 3,65% a 9,25% de PIS-Cofins – exatamente os impostos que a CBS pretende unificar.

Confira mais notícias recentes da FBHA.

FBHA aponta perdas de R$ 122 bilhões no setor do turismo

Turismo tem de ser incluído na MP 975, diz FBHA

A realidade enfrentada pelo setor de hospedagem e alimentação no Brasil

Publicidade
APP – cabeçalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA