Publicidade
FOHB

Energia barata e sustentável é tema no 33º ENCATHO & EXPROTEL

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Direto de Florianópolis (SC) – Dando continuidade a programação do 33º ENCATHO & EXPROTEL, evento realizado pela ABIH-SC – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina, no Centro Sul – Centro de Convenções de Florianópolis, e que conta com a Revista Hotéis como mídia oficial do evento, o painel “Energia 360 – Energia mais barata e sustentável ao alcance de todos”, no qual participaram o economista e gestor de negócios, Sandro Bittencourt de Souza; o engenheiro civil Michel Kazmierski, e o economista Dangelo Dalla Rosa. O hoteleiro Mário Galdzinski, que moderou o painel, começou destacando a transformação causada pela sustentabilidade nos hábitos da sociedade na economia e trouxe dados como o crescimento da energia sustentável e a redução do custo de energia. “Há um declínio da energia fóssil e uma ascensão da energia sustentável, que deve representar até 80% da energia consumida até 2050”, observou.

Publicidade
Tramontina

 

Sandro Bittencourt tomou a palavra e detalhou: “Acreditamos na retomada do turismo com comprometimento com as pegadas que deixaremos no mundo. Uma coisa que sempre persegui foi o desenvolvimento de um negócio que tivesse colaboração ativa nisso. Nós que consumimos é que vamos dizer o que vamos consumir e de onde virá isso. O choque no Brasil será sem precedentes. Quando você se apega somente ao que acredita, você deixa de ver o todo. Hoje a transformação está correndo em 360 graus”.

Energia barata e sustentável é tema no 33º Encatho & Exprotel

Dangelo Dalla Rosa detalhou as linhas de crédito do Sicoop durante painel do 33º ENCATHO & EXPROTEL (Foto: Hugo Okada)

Publicidade
Soluções 1

Bittencourt enumerou as muitas modalidade conhecidas no mundo de consumo de energia renovável, como a expansão dos carros elétricos e os ambientes de contratação do mercado livre de energia no Brasil. “O auto produtor de energia já é uma realidade no Brasil. Muitos hotéis colocaram placas solares nos seus equipamentos. A partir de 1º de janeiro de 2026 vamos poder escolher o nosso fornecedor de energia assim como escolhemos a operadora do nosso telefone celular”. O executivo finalizou a sua apresentação inicial mostrando alguns exemplos do consumo no mercado livre de energia. “Todas as soluções são passíveis de certificação. A Vektor quer ser reconhecida como um hub do mercado livre de energia. Acabei de fechar contrato com dois restaurantes que vão aderir a uma cooperativa de energia, com redução de 15% na sua conta de energia, podendo chegar a 27%, ou seja, uma redução considerável”, concluiu.

Publicidade
Faitec

Michel Kazmiersky avaliou a oportunidade para os hotéis no uso da energia renovável: “O retorno médio com o ativo performado acima de 20% ao ano reflete em rentabilidade superior à renda fixa e investimento com retorno previsível. O valor investido é pago em cerca de cinco anos e a economia é entre dez a onze anos o valor do investimento multiplicado por três. Em 25 anos temos a possibilidade de garantir uma aposentadoria recorrente a substancial para o hoteleiro”.

A reportagem da Revista Hotéis viajou a convite da ABIH-SC e hospedou-se no Iate Hotel.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA