Rede Bristol realiza ações para combater mosquito Aedes Aegypti

Rede Bristol realiza ações para combater mosquito Aedes Aegypti

Por conta do grande número de casos de dengue, chikungunya e zika vírus no país, unidades adotaram diversas medidas para colaborar com a extinção do mosquito

34
0
SHARE
Fachada do Bristol Jangada Fortaleza (CE). Foto: Divulgação

Para colaborar com a extinção do mosquito Aedes Aegypti, causador de doenças como dengue, chikungunya e zika, a Rede Bristol Hotéis & Resorts tem adotado diversas medidas específicas em seus 14 hotéis espalhados pelo Brasil, para combater o criadouro do inseto.

Todas as unidades têm realizado ações como limpeza geral nas calhas e dedetização das áreas sociais, cozinha, corredores e entrada do empreendimento. Além disso, investem em projetos de conscientização das equipes sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito.

De acordo com dados do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas-OMS), até o início de março, o Brasil registrou 495.266 casos de dengue, o que representa um aumento de quase 50% em relação ao mesmo período em 2015. Além disso, o número de notificações de chikungunya chegou a 6.353 e os casos suspeitos de zika vírus a 72.062.

Gustavo Orsi, coordenador de marketing da rede, explica que a rede achou necessária uma conscientização maior em relação aos cuidados com o Aedes Aegypti. “Por isso, começamos a trabalhar com diversas ações que auxiliam no combate ao criadouro do inseto. Essas iniciativas acabam impactando também os nossos clientes e esperamos que isso comece na Bristol, mas seja levada adiante”, afirma.

Trofeu 1
SHARE