HOME Matérias Aconteceu Fórum de Soluções Hoteleiras debate os desafios de contratar fornecedores

Fórum de Soluções Hoteleiras debate os desafios de contratar fornecedores

105
0
SHARE
Da esquerda para a direita: Daniela Facchini, Diretora da FH&S Hotelaria; Maria josé Gamballe, Diretora Executiva da G2 Implantação e Consultoria Hoteleira; Adriana Avallone, Gerente de Contratos da Hamam Development; Francisco Santos, Sócio-Diretor da Padrão Argil e Arthur Medeiros, Diretor da Concierge Hotelaria.

Por Gabriela Fernandes

Finalizado há pouco o painel “Os desafios de contratar fornecedores e implantar um hotel?”, moderado por Arthur Medeiros, diretor da Concierge Hotelaria. Realizado no Club Homs, em São Paulo, pelo I Fórum Revista Hotéis, o debate contou com a participação de Francisco Santos, sócio-Diretor da Padrão Argil; Daniela Facchini, diretora da FH&S Hotelaria; Adriana Avallone, gerente de Contratos da Hamam Development e Maria José Gamballe, diretora-Executiva da G2 Implantação e Consultoria Hoteleira.

Os participantes foram provocados a responder quais são os desafios de contratar fornecedores e implantar um hotel. Para todos os participantes, a cumplicidade deve ser o ponto-chave entre cliente e fornecedor como uma via de mão dupla: quando os dois trabalham juntos e em sintonia, ambos firmam uma relação de continuação do trabalho.

Segundo Adriana, da Hamam Development, há dois tipos de desafios: o cenário de acompanhar toda a situação por 90 dias ou desde o começo. Quando o processo é acompanhado desde o começo, dá-se a oportunidade para novos fornecedores acompanhando orientando sobre a forma de produção, estoque etc.

Medeiros questionou a dificuldade em encontrar fornecedores que sejam sustentáveis, sugerindo que as empresas invistam no mercado, pois sente que é uma necessidade real e presente a cada dia que passa.

Para Daniela Facchini, da FH&S Hotelaria, o alto custo dos produtos sustentáveis inviabiliza a implantação, uma vez que o número dos fornecedores é bem restrito e não há tanta concorrência no mercado. Os produtos vão baratear quando mais pessoas utilizarem.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image