HOME Matérias Aconteceu Alexandre Sampaio palestrou no Encontro de Gestão e Hospitalidade da ABG

Alexandre Sampaio palestrou no Encontro de Gestão e Hospitalidade da ABG

79
0
SHARE
Alexandre Sampaio: "O associstivismo empresarial é fundamental para ganhos de escalas e competitividade"

Direto do Rio de Janeiro – Alexandre Sampaio, Presidente da FBHA — Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação fechou a grade de programação da terceira edição do Encontro Nacional de Gestão e Hospitalidade. O evento teve início hoje no hotel Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro com promoção da ABG Nacional – Associação Brasileira de Governantas e Profissionais de Hotelaria. Sampaio é empresário com mais de 30 anos de atuação no mercado hoteleiro nacional e também Presidente do Conselho de Turismo da CNC — Confederação Nacional do Comércio fecha a grade de programação. Sua palestra abordou o seguinte tema: A importância da qualificação do setor e ratificando a importância do associativismo como agente transformador de uma sociedade.

Ale

Sampaio começou sua palestra destacando a baixa qualidade da educação brasileira e disse que o Senac está refazendo uma revisão em sua grade pedagógica e a gastronomia terá profundas mudanças, assim como a governança terá um papel de destaque. Ele mostrou um slide que aponta os países mais produtivos do mundo e o Brasil está em 83º lugar e que a educação profissional no Brasil é uma escolha de poucos. E um dos pontos defendidos por ele para melhorar a situação é uma reforma tributária “É impossível fazer uma reforma tributaria muito ampla no Brasil, mas a simplificação na arrecadação dos impostos é necessária e desonera violentamente a criação de novos empregos. Temos que ter uma legislação compatível para aumentar nossa competitividade e instrumentos e no turismo não é diferente. O visto eletrônico é uma solução simples de ser aplicada e pode dar bons resultados”, avalia Sampaio.

Slide apresentado por Alexandre Sampaio da qualidade da educação

Para ele, associstivismo empresarial é fundamental para ganhos de escalas e competitividade. “O empresário articulado e unido impulsiona atitudes proativas. A união, cooperação e força coletiva estão intrinsecamente ligadas ao associativismo. As empresas precisam de condições para crescer e gerar resultados positivos para a sociedade”, ressaltou Sampaio. Segundo ele, a reforma trabalhista que começa a vigorar a partir do próximo dia 11 de novembro e que instituiu o fim da contribuição sindical fará com que os sindicatos tenham que se reinventar e isto trará ainda mais força ao associativismo.

Ele apresentou a atuação da CETUR – Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade, da qual ele faz parte, e dos pleitos que faz em defesa do turismo no Brasil junto com outras entidades, como a ANEAR – Associação Brasileira das Empresas Aéreas. “Defendemos em conjunto a tributação de 12 % em nível nacional para o ICMs para a indústria de aviação ganhar competitividade”. Outros pontos apresentados por Sampaio é o conjunto de ações que a FBHA e CNC defende como a regulamentação de empresas como a Airbnb, a economia compartilhada, legalização dos cassinos nos hotéis, entre outros.

A reportagem da Revista Hotéis viaja ao Rio de Janeiro a convite da ABG Nacional para cobrir este evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image