Publicidade
Trofeu fornecedor

Vila Galé comemora 20 anos de atividades no Brasil

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Direto de Fortaleza – A rede hoteleira Vila Galé está completando 20 anos de atividades no Brasil e para contar um pouco sobre como chegou ao Brasil, crescimento e posicionamento de mercado, promoveu agora há pouco uma coletiva de imprensa seguindo protocolos de segurança sanitária. A coletiva aconteceu no Vila Galé Fortaleza, primeira unidade no Brasil e contou com a presença do CEO da Rede, Jorge Rebelo de Almeida, assim como Gonçalo Rebelo, o administrador da rede, o Diretor de operações do Vila Galé no Brasil, José Bastos e Adriana Borges, Diretora comercial.

Publicidade
Harus 1

E o CEO Jorge Rebelo de Almeida começou contando um pouco de como a rede Vila Galé chegou ao Brasil, como se expandiu e como está consolidando cada vez mais presença no Brasil. “Nós víamos o Ceará com um potencial incrível através das feiras e eventos que promoviam na Europa e com isso criamos muita sinergia. Inclusive com o brasileiro Fernando Pinto, que era Presidente da TAP. Convencemos ele a lançar o voo direto de Lisboa para Fortaleza o que viabilizou o início da operação. A edificação que adquirimos na praia do Futuro, onde hoje é a nossa unidade de Fortaleza estava com as obras paralisadas havia mais de dez anos. Tivemos que fazer uma grande recuperação da estrutura e em apenas um ano conseguiu fazer a reforma e colocar a unidade em operação. Contamos muito com o apoio do poder público, principalmente do Governador cearense na época o Tasso Jereissati que agilizou o processo”, lembrou Almeida.

Publicidade
Pikolin

Acreditando no potencial

Vila Galé comemora 20 anos de atividades no Brasil

Jorge Rebelo de Almeida:”Acreditamos muito no potencial do Brasil e vamos continuar a investir”

E com a consolidação dessa unidade e o potencial apresentado pelo Brasil ele voltou a empreender ao adquirir uma unidade em Salvador, depois seguiu para Guarajuba (BA) e Cumbuco (CE) e passou a administrar de forma terceirizada as unidades da FUNCEF de Angra dos Reis (RJ) e Cabo de Santo Agostinho (PE). “Depois recuperamos um imóvel no centro histórico no Rio de Janeiro e transformamos numa unidade hoteleira e resolvemos empreender em Touros (RN). E um sonho foi realizado com a chegada na capital paulista que tem um tema de decoração como se fosse um museu de pintura, com exposições de diversos movimentos da pintura mundial. E agora temos um projeto hoteleiro de 514 apartamentos em Alagoas, na praia do Carro Quebrado. Nosso próximo objetivo no Brasil é conseguir a concessão do Palácio Rio Branco, no Centro histórico de Salvador, para torná-lo mais uma unidade nossa e estamos com bons projetos elaborados para participar desse concurso. Acredito que até o final desse ano deve estar tudo resolvido”, destacou Almeida.

Publicidade
Altenburg

Ele atribui a Vila Galé uma grande contribuição a democratização do acesso dos hóspedes aos resorts no Brasil com um preço acessível e serviços padrões internacionais. E com uma visão crítica de um investidor internacional, ele aponta alguns gargalos que atravanca o crescimento do turismo no Brasil. “Os governantes devem se empenhar para baixar o preço do transporte aéreo que inviabiliza muito o crescimento do turismo. Para se ter uma ideia, viajamos de avião de Lisboa a Londres por 600 euros. O brasileiro gosta de viajar e provou isso na pandemia, pois o turismo no Brasil disparou mais cedo do que muitos países europeus. O vírus não vai embora, devemos conviver com ele, com responsabilidade e cautela. O Brasil está muito adiante na vacinação em relação a países da Europa que está começando a confinar a população, como Áustria e Holanda. Deixamos de arrecadar cerca de R$ 135 milhões no Brasil em 2020 com a pandemia da COVID-19, mas continuamos a acreditar e investir e estamos analizando as oportunidades que o mercado brasileiro aprsenta”, concluiu Almeida.

Rede Vila Galé abre vendas de resort all inclusive em Alagoas

Novo empreendimento do grupo Vila Galé será inaugurado em julho de 2022  e exigirá cerca de R$ 150 milhões em investimentos – Imagem Divulgação

A reportagem da Revista Hotéis viaja a Fortaleza a convite da rede Vila Galé e se hospeda na unidade de Fortaleza

Publicidade
Anufood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA