Publicidade
Trofeu fornecedor

Palácio Tangará deverá entrar em operação em primeiro de maio deste ano

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 4 minutos

Este será o primeiro hotel padrão seis estrelas do Brasil e faz parte do Grupo Oetker que atua em vários outros segmentos econômicos

Celso do Valle, Diretor geral do Palácio Tangará, o primeiro hotel padrão seis estrelas do Brasil, proferiu agora há pouco uma palestra na Câmara de Comércio França Brasil, que fica no bairro paulistano dos Jardins. Ele começou apresentando os cerca de 100 participantes o que é o Grupo Oetker. “Ele é composto por cerca de 400 empresas que vão desde a Dr. Oetker, marca de fermento em pó, além de operar também em  segmentos diversos, como cerveja, vinhos, bancos e transportadora de cargas marítimas como a Hamburg Sud. Temos também marcas terceirizadas, como uma empresa que fornece batatas para o Mc Donald´s. Neste contexto, o segmento hoteleiro representa apenas 1% do faturamento através da Oetker Collection que inclui hotéis próprios e administrados como hotel du Cap-Eden Roc, Eden Rock – St. Barths, L´Apogée, Château Saint Martin & Spa, Le Bristol Paris, entre outros”, revela Valle.

Ele disse que o Palácio Tangará pertence a um grupo de investidores norte-americanos, com administração da Oetker, e será o propulsor para crescimento e consolidação da marca no Brasil, assim como expansão para outras metrópoles mundiais. “A cidade do Rio de Janeiro, do México, Roma e Nova York estão em nossos panos de crescimento, mas tudo vai depender de encontrar oportunidades. Temos um grande zelo grande de manter as nossas características que são balizadas entre outros fatores pela localização, arquitetura, espaços generosos para compor ambientes”, revelou Valle.

Atuação do Grupo Oekter nos vários segmentos econômicos

Oportunidade mercadológica

Em relação ao atual momento econômico que vive o Brasil colocar em operação um empreendimento padrão seis estrelas, Celso do Valle afirma que tem convicção que a cidade de São Paulo irá absorver esta demanda. “O Palácio Tangará será um produto único no mercado e preencherá uma lacuna com conceito e estilo da hotelaria de luxo clássica europeia. Terá 141 UH´s, dos quais 59 são suítes, sendo a menor com 47 m2, sendo 136 com varandas e terraços e suíte presidencial com 250 m2 de área interna e 250 m2 de área eterna com vista para o Parque Burle Marx”, explica.

Os escritórios responsáveis pela revitalização arquitetônica da edificação que ficou paralisada por 12 anos foram: B+H Architects, PAR Arquitetura e Bick Simonato. Já os projetos de arquitetura de interiores ficaram a cargo do escritório Anastassiadis Arquitetos, que assina toda a área social como lobby, bar, restaurante e spa, e de Bick Simonato, também responsável pelos quartos e corredores e o paisagismo ficou por conta de Sérgio Santana.

A abertura do hotel deverá gerar 300 empregos diretos e um dos critérios avaliados por Valle será o inglês fluente e experiência internacional. “Buscamos pessoas que são apaixonadas pela hotelaria com foco no luxo e nos detalhes. Queremos contratar hoteleiros que buscam carreira e que queiram crescer. Com isto, acreditamos que vamos repatriar muitos brasileiros que estão trabalhando em hotéis clássicos da Europa, Ásia e Oriente Médio. O grande volume de contratação será no próximo mês de março”, garantiu Valle.

Roland de Bonadona, Ex-CEO da AccorHotels e atual Presidente da Câmara de Comércio França Brasil era um dos presentes na platéia para assistir esta palestra

Expectativa do mercado

O Palácio Tangará tem seu nome dedicado ao pássaro colorido da fauna brasileira, o Tangará da Amazônia e Valle não o intitula como padrão seis estrelas. “Existe uma expectativa muito grande do mercado que já o intitula como o primeiro seis estrelas do Brasil, mas a rigor intitulamos como hotel de alto luxo para um público extremamente exigente. Existe muita luz natural, natureza exuberante da Mata Atlântica, sendo um oásis de tranquilidade com uma boa logística para se locomover para vários locais da cidade. A gastronomia também será um dos diferenciais do Palácio Tangará que conta com a participação na implantação do Chef Jean-Georges Vongerichten e Pascal Valero será o Chef Executive. Outro fator determinante de posicionamento de mercado será nossa filiação a The Leading Hotels of the World,”, assegura Valle.

O Palácio Tangará oferece espaços exclusivos para eventos, todos banhados em luz natural com vista para um exuberante parque tropical. Nove modernas salas que atendem desde pequenas reuniões corporativas para 10 pessoas até uma sala de 600 pessoas para grandes comemorações. “Estas salas terão uma moderna tecnologia em som e iluminação, assim como muita comodidade para montar e desmontar eventos. Já temos cotação para 32 eventos sociais para este ano e acreditamos que vamos ser uma opção para eventos sociais, como casamentos, mas focaremos também eventos corporativos”, disse Valle.

Como poderá haver algum problema de obra ou mesmo testar os equipamentos, Valle disse que só está aceitando pedidos de reservas a partir do dia 1º de julho para evitar algum transtorno e a diária será de R$ 1.570,00 (apartamento mais simples) a R$ 38 mil da suíte presidencial.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA