MercadoÚltimas Notícias

Maraey dá início às obras de complexo turístico-residencial

Complexo turístico e residencial que se posiciona para ser referência mundial em sustentabilidade, inovação e qualidade, Maraey inicia a primeira fase de obras do empreendimento, na Costa do Sol, em Maricá (RJ). O momento representa não apenas um marco histórico para o projeto, como também para o Estado do Rio, com a perspectiva de geração de empregos, apoio à comunidade local, e impulso econômico e turístico da região. “Após mais de 13 anos de muito trabalho e várias etapas de licenciamentos, certificações e parcerias importantes, finalmente damos início às obras para a construção deste projeto que será um divisor de águas para o turismo sustentável do Brasil e que se tornará também em uma referência nacional de planejamento urbano onde os moradores poderão desfrutar de residências concebidas com base aos mais altos padrões de qualidade e design, com áreas de recreação e serviços de saúde, educação, esportes e lazer”, afirma o CEO de Maraey, Emilio Izquierdo.

Publicidade
Ameris

Cumprindo todos os protocolos e autorizações dos órgãos competentes, as obras serão divididas em etapas. A fase inicial será de trabalhos relacionados à instalação do canteiro de obras e do viveiro, junto ao resgate e manejo de flora e fauna, seguidos da demarcação e limpeza do viário. Logo depois seguirá a implantação do viário principal e desenho urbano do empreendimento, que incluirá a execução de obras de infraestrutura das redes de drenagem, água potável, energia elétrica, iluminação pública, telecomunicações, gás, coleta e tratamento de esgoto e irrigação; além da construção de pavimentos, calçadas, equipamentos urbanos, paisagismo e sinalizações em geral. “O projeto técnico foi pensado de forma a mitigar o máximo possível os impactos no meio ambiente, utilizando as mais recentes tecnologias visando a sustentabilidade do empreendimento”, diz Marcelo Galvão, Diretor técnico de construção.

Publicidade
Desbravador

Esta primeira etapa das obras contará com cerca de 300 profissionais e engloba diversas atividades de interesse público, como a doação ao município das vias principais que servirão de eixo importante entre Itaipuaçu, Centro e Ponta Negra, facilitando sensivelmente a comunicação entre estes distritos e o trânsito na rodovia RJ-106. Também serão doadas às concessionárias dos serviços públicos as redes de infraestrutura executadas. Destaca-se, ainda, a criação da maior ciclovia em empreendimento privado do Brasil, com mais de 20 km, que será interligada à malha cicloviária de Maricá.

O projeto de urbanização a ser executado, que inclui a implantação de estações de tratamento de esgoto com tecnologia terciária; uso de fontes renováveis para mais da metade da energia elétrica a ser consumida nas áreas externas; e fomento ao uso de veículos híbridos e elétricos, foi premiado pelo U.S. Green Building Council com a chancela SITES Gold como o melhor planejamento urbano da América do Sul. Também neste período, será formalizada a importante Regularização Fundiária da Comunidade de Pescadores de Zacarias, com entrega dos títulos de propriedade a todos os moradores locais. Serão implantados, ainda, programas ambientais para a recuperação e incentivo à cultura familiar e à Pesca Artesanal, com a criação da Casa do Pescador, em parceria com o programa socioambiental Transforming The Future, da Universal Assistance e da Z Zurich Foundation.

Publicidade
Clima ao Vivo
 Criação da RPPN e do Centro de Referência Ambiental

Situado na APA de Maricá (Área de Proteção Ambiental, Maraey tem como ativos fundamentais a proteção ao meio ambiente e o investimento em pesquisas acadêmicas. Por isso, paralelamente ao início das obras, será criada a segunda maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de restinga do Estado do Rio e quinta do Brasil. A nova unidade de conservação, extremamente importante para a comunidade e para a história ambiental fluminense, é a garantia de proteção integral e perpétua dos ecossistemas locais. Concomitantemente, estará em curso a instalação do Centro de Referência Ambiental (CRA), em parceria com cinco das mais importantes universidades do país (UFRRJ, UFF, UFES, FURG e UFRJ), para estudos e mapeamento da fauna e da flora local, com o objetivo de aprofundar as pesquisas sobre o patrimônio natural da região.

Publicidade
GTA
Construção de hotéis da rede Marriott International, unidades residenciais e serviços

Na segunda fase, ao final de 2023, terão início as atividades para a construção dos três hotéis da rede Marriott International. O complexo hoteleiro, que fica a apenas 45 km do Centro da cidade do Rio de Janeiro, inclui a chegada da bandeira Ritz-Carlton Reserve ao Brasil e à América do Sul; o JW Marriott, que será um dos primeiros resorts dessa bandeira com regime all-inclusive no mundo; além do inovador Rock in Rio, Autograph Collection, o primeiro hotel temático com a marca do festival. Também contempla a construção de 244 residências atreladas às marcas que, localizadas na beira do mar e da lagoa, oferecerão arquitetura, qualidade e serviços exclusivos de alto luxo. Em seguida, serão iniciadas as construções da universidade de hotelaria e alta gastronomia Maraey Hospitality University, apoiada pelo Grupo EHL (Lausanne Hospitality Business School); de prédios residenciais e serviços de ponta como shopping center, escola internacional, hospital e o Maria Esther Bueno Tennis & Sports Club, entre outros atrativos do empreendimento.

Estas obras, cujo prazo de execução estimado é de 6 anos, vão atingir um número expressivo de contratações para sua construção, com mais de 33 mil empregos diretos e indiretos estimados; e, em pleno funcionamento, serão mais de 22 mil empregos diretos, apenas nesta segunda fase.

Investimento privado total será de R$ 11 bilhões

O investimento privado total do empreendimento será na ordem dos R$ 11 bilhões, com arrecadação de impostos de R$ 7,2 bilhões e mais de 56 mil empregos durante os primeiros 14 anos (construção e consolidação de vendas); e mais R$ 1 bilhão de arrecadação anual na operação, com geração de 36 mil empregos, quando Maraey estiver em pleno funcionamento.

Publicidade
Anuncie conosco

Denise Bertola

Denise Bertola - Repórter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA