HOME Matérias Gerenciamento inteligente na palma da mão

Gerenciamento inteligente na palma da mão

91
0
SHARE
Cláudio Cordeiro é Diretor do segmento de Hospitalidade da TOTVS - Foto: divulgação

Artigo de Cláudio Cordeiro*

A capacidade de gerir uma operação hoteleira requer alto nível de organização. Saber priorizar as demandas e atendê-las com agilidade são ações que fazem parte do sucesso de qualquer hotel, independente do porte. Isso porque, são inúmeros insumos, serviços e pessoas que precisam ser administrados simultaneamente, com o objetivo de oferecer a melhor experiência para os hóspedes. Neste cenário, a tecnologia tem um papel fundamental nesse segmento para manter a operação em pleno funcionamento, enquanto o cliente desfruta da sua viagem de férias ou de negócios.

Softwares de gestão já são, hoje, grandes aliados dos gestores e empresários. Mas, além disso, é preciso acompanhar a corrida pela transformação digital, que segue um ritmo bastante acelerado. E, além de garantir precisão no gerenciamento, soluções inovadoras de tecnologia estão deixando os bastidores e surgindo cada vez mais diante dos olhos dos hóspedes, seja no check-in automatizado ou até na utilização de inteligência artificial para recepção e atendimento. Tudo isso contribui para uma experiência única do usuário e para o diferencial da marca.

Diante disso, é importante se atentar a uma tendência na operacionalização dos negócios: a digitalização de todas as pontas. Instrumentos mobile já fazem parte da rotina dos brasileiros, o que é totalmente compreensível tendo em vista a comodidade e agilidade que conseguem nos dispor na palma da mão. Se hoje o consumidor utiliza aparelhos celulares como meios de compra e de troca de informações, então é natural que haja um movimento dos empresários para utilizá-los na gestão dos negócios e no atendimento ao cliente, a fim de se adequar às tendências de consumo.

Existem softwares e aplicativos mobile que permitem, por exemplo, a comercialização de A&B (alimentos e bebidas), ou seja, os registros de solicitações podem ser feitos onde quer que o funcionário esteja, apenas utilizando seu celular. Além de expandir os pontos de venda, evita-se o gasto com registros físicos e o controle de estoque e de lucro é totalmente sincronizado com o software de gestão do hotel. Os ganhos em gestão são inúmeros, mas o hóspede também ganha, em experiência, já que passa a ser atendido em qualquer dependência do hotel, na piscina, sala de jogos, ou onde achar mais conveniente.

Outro exemplo de gestão móvel são os sistemas de governança hoteleira, que facilitam o direcionamento de camareiras a quartos recém liberados e, assim que concluída a limpeza, sinalizam ao sistema e ao responsável que ele está pronto para uso, diminuindo assim o tempo de vacância das unidades. Tudo pelo celular.

Hoje, a tecnologia móvel tem baixo custo de investimento, sendo uma opção viável não só para as grandes redes, mas também para os pequenos hotéis e pousadas que buscam oferecer um serviço mais competitivo aos seus hóspedes. As mudanças que ocorrem no mercado da hospitalidade já estão redefinindo positivamente as funções do hotel, do check-in ao check-out. Já podemos sim dizer que, agora, a tecnologia nos hotéis está na palma das mãos.

*Cláudio Cordeiro é Diretor do segmento de Hospitalidade da TOTVS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image