HOME Matérias Trade Estudo revela quais são as piores rotas para voar no Brasil

Estudo revela quais são as piores rotas para voar no Brasil

54
0
SHARE
Pesquisa da AirHelp aponta as piores rotas para voar no Brasil

A AirHelp, empresa de direitos aéreos para passageiros, analisou os principais dados de quase 700 rotas nacionais e internacionais para saber quais têm os piores desempenhos, tanto para voos domésticos, quanto para rotas internacionais.

Os resultados revelam que o destino que tem o maior percentual de voos interrompidos é o trajeto Brasília – Lisboa, com 38% de viagens sofrendo algum tipo de atraso ou interrupção. Além desse, os outros trechos que formam o Top 5 com os maiores números de interrupções são: Rio de Janeiro (Galeão) – Bogotá (El Dorado), com 33%, São Paulo (Guarulhos) – Istambul (Ataturk), com 29%, Florianópolis – Chapecó, com 28%, São Paulo (GRU) – Porto Velho, com 27%.

O Analista de Marketing da AirHelp, Denis da Silva afirma: “Enquanto os aeroportos brasileiros se destacam no AirHelp Score com cinco entre os 20 melhores, ainda existe espaço para melhora em diversas rotas, como, por exemplo, a que liga Brasília a Lisboa, que tem uma alarmante porcentagem de quase 40% dos voos atrasados, cancelados ou com overbooking”.

Confira a lista com os quinze voos com mais atrasos deste ano (dados apurados de 1º de janeiro à 8 de outubro de 2018):