AconteceuÚltimas Notícias

ADIT Share debate estruturação de empreendimentos fracionados

Concepção, estruturação jurídica, comercialização e operação são fatores importantes na multipropriedade

Direto de Atibaia (SP) – Terminou agora há pouco o painel: novos entrantes, principais cuidados na estruturação de empreendimentos fracionados: concepção, estruturação jurídica, comercialização e operação. Esse painel faz parte da grade de programação da 12ª edição do ADIT Share, o maior evento de multipropriedade e timeshare da América do Sul. O evento que é realizado pela – Associação para Desenvolvimento Imobiliário e Turístico e que tem a Revista Hotéis como Media Partner acontece essa sexta-feira, dia 24 de maio no Tauá Resort Atibaia. Quem moderou esse painel foi Samuel Goldstein, CEO do Village Itaparica e teve a participação de Jeferson Braga, CEO da OwnTime, Alejandro Moreno, CEO da Trul Hotéis e Paulo Mendonça, Sócio – Marrey Mendonça Advogados.

Publicidade
Carbono Free

Ele iniciou destacando que essa modalidade de negócios tem que ser estruturada de forma cuidadosa e bem compreendida a legislação e compreedendo a vocação de cada empreendimento que é único e com caraterísticas próprias. As figuras são a multipropriedade e time share e ele detalhou como estruturar de forma legal esses modelos de negócio. E alertou que vendas mal feitas prejudica o setor e gera muitas ações judiciais nos distratos. As questões tributárias também foram abordadas pelo Advogado Paulo, pois é necessário estar em mente do empreendedor a escolha do melhor modelo de negócios a ser adotado.

ADIT Share debate estruturação de empreendimentos fracionados
Paulo Mendonça: É necessário muito cuidado para estruturar essa modalidade de negócio”
Publicidade
Clima ao Vivo

Em seguida Jeferson Braga disse que estruturação é a palavra chave de sucesso num empreendimento, pois incorporação, loteamento e multipropriedade não falam entre si, o processo é bem complexo e que o ciclo adequado nesse processo é entre oito e dez anos. “Tínhamos um terreno bem localizado em Gramado (RS) e aproveitando às oportunidades de negócios resolvemos apostar enfrentando os desafios e lançamos nosso projeto, o OWN Home Club, com 64 unidades. Ele foi encaixado dentro da realidade do destino, com sócios corretos, como a ICH, pois a complexidade é tão grande que não espaço para erro. A hotelaria é uma vocação para serviços, o incorporador vai buscar resultados e por isso devemos pensar num produto anticrise, e que tenhamos habilidade e competência, estrutura de capital e compreender que o momento da praça é que vão sustentar o empreendimento. Começamos as obras antes das vendas e isso facilitou o desenvolvimento de nosso produto que é residencial, mas usamos a multipropriedade para alavancar as vendas”, destacou Braga.

ADIT Share debate estruturação de empreendimentos fracionados
Jeferson Braga: “A hotelaria é uma vocação para serviços”

Em seguida Alejandro Moreno tomou a palavra e disse que já acompanha essa indústria há mais de 20 anos, com passagem marcante na RCI. Ele elencou alguns projetos cases que serviram de base para o desenvolvimento da indústria de tempo compartilhado no Brasil. “Nossa indústria é aspiracional e quando o conceito de multipropriedade começou a se tornar conhecido, tínhamos que fazer visitas constantes aos cartórios de registro de imóveis para convencê-los a lavrar a escritura. Hoje temos um arcabouço jurídico bom, um produto já consolidado e boas práticas que facilitou a regulamentação desse produto”. E aproveitando o momento, Moreno apresentou a marca Layback. “É um centro de entretenimento que é muito voltada ao surfe, skate, rock & rool, música e drinks que já tem 22 unidades n Brasil. A Trul Hotéis vai essa trabalhar essa marca nos hotéis do Brasil e em breve vamos abrir uma unidade no Guarujá”.

ADIT Share debate estruturação de empreendimentos fracionados
Alejandro Moreno: “Hoje temos um arcabouço jurídico bem estruturado desse modelo de negócio”

Publicidade
Ameris

Edgar J. Oliveira

Diretor editorial - Possui 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhou em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já foi Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA