Publicidade
Retomada do turismo

ABIH/RJ e ABEOC analisam a nova era dos eventos

Live “A Nova Era dos Eventos” reuniu lideranças de entidades e outros profissionais dos setores de eventos, turismo e hotelaria

Como será o Réveillon e o Carnaval no Rio de Janeiro?  Quais as expectativas do turismo e do setor de eventos? Representantes do turismo participaram com um público de quase 1000 pessoas online, da Live ”A Nova Era dos Eventos”, promovida pelo Ramada Hotel Recreio Shopping, transmitida diretamente do novo Studio 348, no fim da tarde da quarta-feira, dia 21 de outubro, em parceria com Atlantica Hotels. Participaram dessa live o Presidente da ABIH/RJ, Alfredo Lopes, a Diretora da ABEOC, Fátima Facuri, Gestor MICE da Tristar Turismo, Vitor Sayeg e como mediador, o jornalista Claudio Magnavita.

Um dos setores mais impactados pela pandemia da COVID-19 foi, sem dúvida, o setor do turismo, em especial o setor de eventos. Como solução muitos hotéis apostaram no mundo digital, que hoje representa uma forte ferramenta de vendas e comunicação adotada no mercado corporativo.

De acordo com o Presidente da ABIH/RJ, Alfredo Lopes cerca de 80 estabelecimentos da hotelaria no Rio de Janeiro interromperam suas atividades durante a pandemia e agora praticamente 90% deles, estão retomando suas atividades. Acredita ainda que os eventos serão fundamentais para obter uma ocupação linear, saindo um pouco do turismo lazer, que é muito concentrado no Rio de Janeiro, principalmente no verão.

Publicidade
Harus

Perguntado sobre a nova era dos eventos virtuais, online e híbridos, que vem sendo adotada pelo segmento corporativo, o Presidente acredita que esse será o futuro, mas não descarta a possibilidade de eventos presenciais e do networking, que são sempre muito bem vindos.

Alfredo Lopes, Presidente da ABIH-RJ (Foto: divulgação)

Segundo Alfredo Lopes, “A medida que se tenha a vacinação em massa das pessoas e a pandemia for embora, nós vamos voltar ao normal. Eu diria que essa área de eventos veio para ficar, e que o Rio de Janeiro está numa oportunidade única. Chegou a hora de todos entenderem da importância do turismo para a cidade, principalmente no fato de ser uma alavanca fundamental para mais de 500 outras atividades econômicas. Com certeza tem que se buscar uma competitividade aqui no Rio de Janeiro, nós estamos longe disso, eu passei ontem no Riocentro, é desolador, a entrada está toda quebrada, vandalizada, acredito que tudo isso precisa ser revisto e facilitado e eu diria até o seguinte, economicamente viabilizado, porque hoje para você fazer um evento no Rio, além de todos os trâmites burocráticos que tem, você tem um custo muito elevado”.

Publicidade
RAP Engenharia

Já para a Diretora da ABEOC, Fátima Facuri, o setor de eventos foi um dos mais afetados com a pandemia. “Nós estamos ainda debaixo de um meteoro, o meteoro caiu e nós permanecemos. E o mundo digital acelerou um pouco essa retomada. Essa ferramenta online hoje é muito importante para apresentar a nossa indústria e continuar com todo um trabalho que é fundamental para o setor econômico. Vamos lembrar que o setor de eventos no País corresponde 5% do PIB”.

Barra da Tijuca tem preferência

Vitor Sayeg, da Tristar Turismo, acrescentou que a retomada de eventos para o Rio de Janeiro já está acontecendo e a demanda maior de pedidos é para que aconteçam na Barra da Tijuca, onde se concentram os grandes centros de convenções da cidade e da hotelaria. A maior dificuldade sempre é sem dúvida, quando falamos de logística, já que muitos dos executivos vem do aeroporto Santos Dumont, porém sempre colocamos o lado positivo da cidade e da sua grande infraestrutura”.

Região da Barra da Tijuca é considerada a preferida para a realização de eventos (Foto: Pixabay/KlausAires)

Um outro tema que virou destaque da live, foi como será o Réveillon e o Carnaval no Rio de Janeiro, uma dos maiores atrativos da cidade.  “Estamos muito otimistas frente ao resultado dos últimos feriados no RJ. Claro que a ocupação não será igual ao ano passado, quando batemos um recorde durante o Réveillon e Carnaval, de 99%, mas esperamos chegar em torno de 70% de ocupação no período. Muitos hotéis já estão preparando suas festas, que serão indoor, com todos os procedimentos exigidos e com sua queima de fogos própria que já faz há muitos anos, aqui na Barra da Tijuca”.

Publicidade
Unilever

Antenados com a nova tendência, o Ramada Hotel Recreio Shopping, no Rio de Janeiro, lançou oficialmente o Studio 348, para eventos híbridos e virtuais, que permite receber pessoas de forma presencial e virtual por meio de transmissão 100% on-line. O hotel preparou uma estrutura completa, incluindo equipamentos multimídia de alta tecnologia, como: telão de LED, Chroma Key, câmeras HD, teleprompter, encoder de vídeo, redes de transmissão, TVs, internet dedicada de alta velocidade, som e iluminação especial.

Marcos Bezerra, Gerente geral do hotel, finalizou: “A transformação digital dos eventos já é uma realidade. Pensando nesse público cada vez mais conectado, criamos um estúdio exclusivo, alinhado aos serviços de streaming oferecidos pela Staff Locações e Produções, a fim de atender o futuro digital de eventos corporativos do mercado”.

Publicidade
Trofeu Fornececor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA