HOME Matérias Mercado ABIH-MG faz balanço da gestão e convoca eleição

ABIH-MG faz balanço da gestão e convoca eleição

193
0
SHARE
Patrícia Coutinho, Presidente da ABIH-MG por quatro anos - Divulgação

A ABIH/MG – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais divulgou o edital de convocação para a Assembleia Geral ordinária que será realizada no dia 07 de abril de 2017. Na pauta, consta a apresentação do relatório das atividades, a prestação de contas do exercício e a eleição da nova Diretoria e dos Conselhos Fiscal e Executivo. Para a eleição, as chapas poderão ser inscritas até às 18h00 do dia 31 de março, junto à sede da ABIH/MG. Poderão votar os associados em dia com as suas obrigações.

Aproveitando a ocasião, a Presidente Patrícia Coutinho fez um balanço do trabalho desenvolvido frente a diretoria da Associação. “Orgulha-nos ver que a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais aumentou em 50% o número de associados e alcançou o reconhecimento inédito junto ao poder público, a imprensa e associados, com a profissionalização das práticas da entidade e ajuizamento pioneiro de ações judiciais em nome do coletivo”, destacou Patrícia.

Segundo ela, mesmo com as dificuldades econômicas, foram contabilizados 46 novos associados, além do retorno de outros. “Retomamos a interiorização da entidade com a implantação de diretorias regionais nas cidades de Juiz de Fora, Pouso Alegre, Montes Claros, Tiradentes e Ouro Preto. Reinserimos a ABIH/MG nos debates da hotelaria de âmbito nacional, com participação ativa nas assembleias nacionais, chegando a reunir na capital mineira representantes das 18 ABIH’s estaduais para discutir não apenas o rumo da ABIH Nacional como também assuntos de grande relevância para o setor como a regularização dos jogos de azar, OTA’s, Airbnb, a cobrança indevida da taxa de direitos autorais pelo ECAD, entre outros”.

O aumento de ICMS de 18 para 25% no estado também resultou em outra ação judicial em nome dos associados. Pleitos junto à COPASA, CEMIG, Secretaria Estadual da Fazenda, prefeituras, foram apresentados tendo em vista a redução de custos sobre os insumos e à equiparação em termos tributários à indústria.

Também foram objeto de inúmeras agendas, junto ao poder público municipal, os pedidos de isenções e auxílio à hotelaria da capital que sofre com a super oferta e o fechamento de vários empreendimentos hoteleiros. “Ainda nos engajamos na promoção da saúde, por meio da adesão ao combate do mosquito aedes aegypti e do enfrentamento a exploração sexual infantil. Ambos, trabalhos de conscientização”, lembrou a atual Presidente.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image