HOME Matérias São Paulo tem melhor taxa de ocupação na hotelaria em 2017, revela...

São Paulo tem melhor taxa de ocupação na hotelaria em 2017, revela estudo

Mas a cidade do Rio de janeiro é a que registra a melhor diária média e belo Horizonte a pior das cidades pesquisadas

776
0
SHARE
A cidade de São Paulo possui a melhor taxa de ocupação hoteleira neste ano - Foto: Caio Pimenta /SPTURIS

Estes dados fazem parte de um estudo elaborado pela publicação “The Nogales Report 2017” que acaba de ser divulgado pela SN Hotelaria. Este relatório analisa os resultados hoteleiros obtidos em 2017 e sua perspectiva para o fechamento do ano, assim como realiza uma previsão do que poderá ser obtido até 2022. As bases de análise são as informações e pesquisas realizadas do trade oferecidos pelos diversos institutos de pesquisas, associações como FOHB — Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, ABIH — Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Sindicatos e organizações governamentais como o Banco Central do Brasil, Ministério do Turismo e não governamentais como UNTWO — Organização Mundial do Turismo. Além da cidade de São Paulo e Rio de janeiro, foram analisadas as seguintes capitais e cidades: Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Campinas (SP), Salvador (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Goiânia (GO), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Manaus (AM) e Belém (PA).

Mario Cezar Nogales, Consultor Hoteleiro que fez o estudo – Foto – Divulgação

E este estudo revela dados curiosos como: Mesmo com a queda acentuada que a cidade do Rio de Janeiro teve depois da Olimpíadas, ela ainda está com taxa de ocupação de 47,93% neste ano e a diária mais alta do Brasil com R$ 338,28. A cidade de São Paulo lidera a taxa de ocupação neste ano com 61,75%, mas fica atrás do Rio de Janeiro com diária média de R$ 257,82. Quem tem a menor taxa de ocupação neste ano é Manaus com apenas 45,26% e Belo Horizonte é a cidade pesquisada com a menor diária média, apenas R$ 155,68 e com projeção de apenas R$ 189,18 até 2022.

Confira a seguir o gráfico com os resultados de taxa de ocupação, diária média e Revpar (receita por apartamento).

SHARE