HOME Matérias México recebeu 35 milhões de visitantes internacionais em 2016

México recebeu 35 milhões de visitantes internacionais em 2016

95
0
SHARE
O Cabo San Lucas é uma formação rochosa que irrompe do mar na ponta da Península de Baja e um dos principais cartões postais do México - Foto - Divulgação

O Conselho de Promoção Turística do México anunciou ontem (1 de março) este número recorde que representou um crescimento de 9% em relação a 2015. Esse crescimento é mais do que o dobro da média do setor global, mais recentemente relatado em 3,9% pela UNOMT — Organização Mundial de Turismo, em janeiro de 2017. Além disso, os gastos com turismo por visitante internacional cresceram ainda mais rapidamente, em 10,4%, destacando a força do apelo do México para os viajantes de luxo, o interesse em visitas com múltiplos destinos e a procura pela gastronomia do México, produtos artesanais e a oferta de compras.

Para Lourdes Berho, CEO do Conselho de Promoção Turística do México, o crescimento rápido e sustentado do México é uma prova da qualidade incrível e da diversidade da oferta turística e do trabalho dedicado de todo o setor, tanto internacional como internamente. “Mais de 9 milhões de mexicanos que trabalham no setor de turismo e hospitalidade passaram a ter como missão garantir que os visitantes tenham experiências incríveis. Os planos já estão em andamento para garantir que 2017 baseie-se nessas realizações e que o México continue a acolher todos os visitantes e a dar-lhes razões para voltar sempre”, enfatizou Lourdes.

Hospitalidade mexicana
Teotihuacan, também chamada “Cidade dos Deuses”, conserva os vestígios de uma das civilizações mais importantes de Mesoamérica

Ela lembra o famoso ditado mexicano, “mi casa es tu casa” (a minha casa é a sua casa) como uma das fórmulas do sucesso do país receber tantos turistas internacionais. Estudos de acompanhamento dos consumidores internos do Conselho de Promoção Turística do México mostraram que mais de 94% dos visitantes relataram experiências que “superaram as suas expectativas”, e 86% dizem que “gostariam de voltar” nos próximos seis meses – algumas das mais altas pontuações do setor.  Dentre os exemplos, estão:

— O México foi premiado como o principal país do mundo para viagens em família, e Puerto Vallarta como o segundo destino do mundo para viagens do público LGBTQ pelo prêmio Travvy global;

— Pelo terceiro ano consecutivo, o México foi classificado como o país mais amigável e mais acolhedor do mundo pela pesquisa John Mason de expatriados em 191 países;

— “Close to China” (Cerca de China) é um programa especial cocriado pela China e pelo México, que compartilha e reconhece as melhores práticas nos serviços oferecidos para viajantes chineses por hotéis, restaurantes, agências de viagens e guias;

— “Halal Mexico” é um programa especial para ajudar a preparar as companhias aéreas, os hotéis, restaurantes e todo o setor de turismo do México para atender aos viajantes de todo o mundo que seguem uma dieta halal.

A Catedral Metropolitana da Cidade do México é uma das mais antigas das Américas e foi construída sob ordens de Hernán de Cortés com conclusão em 1813

O número de turistas que chegam por via aérea cresceu a um índice ainda mais rápido, de 10,7%, impulsionado pela expansão contínua em termos de conectividade. Isso inclui novos serviços de mercados internacionais para vários destinos do México, frequência expandida nas rotas existentes e aeronaves modernas que oferecem lugares adicionais, além de experiências aprimoradas oferecidas aos passageiros.

O Museu Nacional de Antropologia na Cidade do México é um dos maiores museus do mundo e um dos mais importantes da América Latina
SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image