HOME Matérias Trade Mercado de turismo poderá combater crise econômica no Brasil, afirma MTur

Mercado de turismo poderá combater crise econômica no Brasil, afirma MTur

Ministro Henrique Eduardo Alves se reuniu com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy para apresentar o potencial do mercado de viagens no Brasil

63
1
SHARE
Henrique Alves, Ministro do Turismo. Crédito da foto - Divulgação - Câmara dos Deputados

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, se reuniu na última quinta-feira (27) com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em Brasília (DF), para apresentar ao ministério o potencial que o turismo possui para gerar emprego, renda e promover a inclusão social no Brasil. Alves pontuou durante a reunião que o mercado de viagens é uma das soluções para o Brasil enfrentar a atual crise econômica.

De acordo com Alves, o setor precisa ser encarado como estratégico e receber reforço financeiro para se desenvolver. “O turismo gera impacto direto em 52 atividades. Beneficia desde o garçom e a camareira até o grande empresário dono de hotel. É preciso que esse setor seja priorizado na definição orçamentária prestes a receber a Olimpíada em 2016”, frisou.

Na visão do ministro do Turismo, as olimpíadas possuem proporção muito maior que a Copa do Mundo de Futebol que o Brasil recebeu no ano passado. “Na Copa do Mundo eram 32 seleções disputando o campeonato. Na Olimpíada serão 205 países. No mundial de futebol eram 15 mil voluntários e 3 bilhões de expectadores, nos jogos olímpicos serão 70 mil voluntários e 5 bilhões de pessoas olhando para o Brasil. Nunca mais teremos uma oportunidade como esta”.

Durante o encontro, Alves também reforçou sobre a agenda estratégica em defesa da isenção de vistos para os norte-americanos e a criação de áreas especiais de interesse turístico, com sistema de tributação e licenciamentos diferenciados para o setor. Por último, Henrique Eduardo Alves pediu que R$ 200 milhões referentes a projetos que não podem ser executados, depositados na Caixa Econômica Federal, retornem para os cofres do Ministério do Turismo para serem realocados em obras em andamento.

Ao final do encontro, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, considerou o pleito legítimo e informou que existe um grupo de trabalho específico para analisar situações como a apresentada por Henrique Eduardo Alves. Levy afirmou que, tão logo o grupo conclua o estudo, o Ministério do Turismo seria convidado a participar dos encaminhamentos. A reunião contou com a participação dos secretários Executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves; Nacional de Programas do Turismo, Neusvaldo Ferreira Lima; e o de Tesouro da Fazenda, Marcelo Saintive.

SHARE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image