HOME Matérias I Hackathon de Turismo dos Campos Gerais (PR) acontece em agosto

I Hackathon de Turismo dos Campos Gerais (PR) acontece em agosto

Atividade será paralela ao 2º Salão de Turismo dos Campos Gerais e busca encontrar inovações para o turismo regional

73
0
SHARE
Cintia Capri, Presidente da AdeTur, diz que a ideia do Hackathon nasceu da dificuldade na divulgação dos produtos turísticos de maneira estratégica - Foto: Divulgação

A AdeTur – Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais – e o Sebrae promovem, pela primeira vez na região, o HackaTur Campos Gerais, evento de startup com a missão de buscar soluções inovadoras para o turismo regional. Atividade acontece durante o 2º Salão de Turismo, que será realizado entre os dias 25 e 27 de agosto.

Com o tema “Promoção e integração de um destino turístico inteligente”, a atividade acontece no centro de convenções do Shopping Palladium Ponta Grossa e possui 40 vagas distribuídas entre profissionais de turismo, comunicação, designers e desenvolvedores. Segundo a Presidente da AdeTur, Cintia Capri, a ideia do Hackathon nasceu após o trade turístico, o poder público e as entidades do setor mencionarem suas dificuldades em divulgar seus produtos de maneira estratégica, solucionar problemas comuns, coletar e gerir dados estatísticos e disponibilizar informações relevantes e práticas aos turistas.

De acordo com Capri, os obstáculos debatidos em reuniões parecem simples, entretanto acabam inviabilizando diversas ações. “Queremos tornar os Campos Gerais um destino turístico conhecido e inteligente, em que todo mundo se comunique da mesma forma, consiga solucionar problemas comuns em conjunto, além de buscar, de forma conjunta, atrair mais visitantes à região. Ter a visão de fora é muito importante, por isso a ideia de um startup inovar nas diversas áreas do turismo foi a melhor forma para sanarmos esses problemas a partir de ideias inovadoras”, pontua.

Para Thaíse do Amaral Orita, consultora do Sebrae PR e gestora de projetos de startups, o turismo local tem diversos atrativos e serviços turísticos desconhecidos pela população, potencial que pode ser explorado durante a maratona tecnológica. “Trazendo um evento como o Hackathon para a região fazemos com que as pessoas conheçam as atratividades e também entendam quais são as maiores dificuldades e quais os problemas enfrentados pelo turismo dos Campos Gerais, a fim de criar as soluções necessárias para atender às dores do setor”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image