HOME Matérias Aconteceu HITEC, o maior evento de tecnologia hoteleira no mundo, tem início em...

HITEC, o maior evento de tecnologia hoteleira no mundo, tem início em Houston

130
0
SHARE
Entrada da HITEC 2018- Crédito da foto - Maurício Valente
  • Cobertura de nossa correspondente Bianca Sampaio

Direto de Houston – Estados Unidos – Teve início ontem no Centro de Convenções George R. Brown em Houston, Texas, Estados Unidos, a HITEC – Hospitality Industry Technology Exposition & Conference. Esse é o maior evento do mundo de tecnologia relacionada a hospitalidade. O evento itinerante que acontece anualmente desde 1972 conta com produção da HFTP — Hospitality Financial and Technology Professionals e prossegue até essa próxima quinta-feira, dia 21 de junho. Nesse local estão reunidos as mentes brilhantes e tecnologia de ponta agregando programas educacionais ao evento e entre as empresas brasileiras, está a Zoox que apresenta uma série de soluções tecnológicas ao setor hoteleiro.

Várias etiquetas que permitem o acesso ao evento são de brasileiros – Crédito da foto – Maurício Valente

A grade de programação está repleta de muitos temas relevantes do setor e as sessões educacionais que aconteceram ontem abordaram diversos assuntos. A primeira palestra aconteceu debatendo o seguinte tema: O Diretor de TI do passado e do futuro. No debate mediado por Ted Honer, da Horner & Associates, participaram Nick Price CIO da CitizenM Hotels, Lyle Worthington, CIO da Student Hotels e Floor Bleeker.  Segundo os palestrantes, as principais atribuições do CIO (Diretor de TI) são prover informações de qualidade para a correta tomada de decisão, gerir os contratos com fornecedores e, principalmente, conhecer do negócio hoteleiro.

Participantes da palestra de Diretor de TI – Crédito da foto – Maurício Valente

O CIO prove soluções para todos os departamentos e com isso, conhece bastante bem todas as áreas do hotel. A maioria vem da área técnica, conhecendo tecnologia e aprendendo hotelaria através das experiências do dia a dia. Segundo Nick, confiança é a palavra chave para o cargo, pois o CIO não só participa da definição da estratégia como também procura, através do uso adequado da tecnologia, aprimorar os resultados em geral. Segundo Floor Bleeker, o mercado costuma comprar dos “big players” o que dificulta a evolução que normalmente se tem quando se negocia com uma startup. Nick falou sobre a importância dos relacionamentos. Segundo ele, os vendedores precisam fazer seu “trabalho de casa” ofertando produtos que façam sentido para o cliente.

A inteligência artificial foi amplamente debatida ontem – Crédito da foto – Maurício Valente

Inteligência artificial

Esse foi o tema debatido numa palestra em que o auditório fica repleto. Com moderação de Jeff Stephen Parker, da Red Roof, Balaji Krishnamurthy da Sabre Hospitality e Maninak Mojumdar da Mindtree debateram o assunto. A Inteligência Artificial ou simplesmente AI, como é bem conhecida, é a tecnologia mais importante da nossa era, é a capacidade da máquina de continuar melhorando seu desempenho sem que os humanos tenham que explicar exatamente como realizar todas as tarefas que lhe são dadas. A AI tem um potencial ilimitado em todo o setor de viagens e hospitalidade, e estamos apenas começando a ver as possibilidades e as coisas incríveis que podemos fazer para levar a experiência do hóspede a um novo nível.

Participantes do painel – Moldando a marca – Crédito da foto – Maurício Valente

Identidade da marca

Merece destaque também a palestra que teve como tema a identidade da marca? Como você desenvolve uma identidade de marca que conta uma história consistente e coerente sem dizer uma palavra? Uma forte identidade de marca exige pensamento crítico e criatividade. Esse painel teve a moderação de Neal Patel (sócio-gerente da Blue Chip Hotels e membro do HITEC Houston Advisory Council) e de três conceituados profissionais que debateram a importância da tecnologia na formação de uma marca. Neil Foste, consultor de TI da Tech-Tonic Hospitality Services, considera que a tecnologia busca resolver a “dor” do hospede, ou seja, deve ser direcionada as suas reais necessidades.

Pradip Mulji, presidente da Lodging Controls, explicou que não adianta ter uma tecnologia poderosa para atender prontamente a um pedido de travesseiro extra, se na próxima estada esta informação não for usada para encantar o hospede, fornecendo – sem que seja requisitado – o travesseiro extra que o hospede gosta.

Jay Sigona é Diretor sênior de desenvolvimento e implementação de programas corporativos da Choice Hotels. Com 25 anos de empresa, Jay participou do audacioso (primeiro no mundo) projeto de implantação do PMS em nuvem, e com isso conseguiu reduzir consideravelmente custos de TI, além de padronizar as operações dos hotéis.

Hoje continua o evento com temas muito relevantes e atuais sendo debatidos e vamos continuar apresentando a vocês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image