HOME Matérias Administração Paradise Golf (SP) registra melhor janeiro da história em faturamento

Paradise Golf (SP) registra melhor janeiro da história em faturamento

44
0
SHARE
Paradise Resort, situado em Mogi das Cruzes (SP). Foto: Divulgação

Localizado em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, o Paradise Golf & Convention teve seu melhor janeiro da história em relação ao faturamento, segundo seu Diretor Comercial Ricardo Aly. O empreendimento cresceu 5% em relação ao mesmo período de 2015.

Além do crescimento em faturamento, o mês também foi marcado pelo desempenho da área de lazer, que correspondeu a 52% das operações, superando eventos. “Temos um produto consolidado no segmento de eventos e, em nosso DNA, o atendimento diferenciado para o lazer. Nossa equipe de vendas e marketing, em conjunto com a área operacional, tem trabalhado duro para satisfazer os hóspedes, que a cada dia mostram-se mais exigentes”, diz.

2015
O executivo destaca que, no ano passado, o Paradise manteve desempenho em faturamento e ocupação similar ao ano de 2014, tornando-se, portanto, o segundo melhor ano de receita da companhia e registrando incremento na rentabilidade e ampliando em 20% sua performance no segmento de lazer, que representou, em 2015, 36% do volume de negócios do empreendimento.

Este resultado, de acordo com o executivo, é reflexo de uma gestão que trabalha em linha com as novas demandas do mercado. “Tivemos um primeiro quadrimestre muito bom e registramos, em março, nosso mês recorde em faturamento. Ampliamos nossa oferta de serviços e ações diferenciadas aos hóspedes de lazer, ao mesmo tempo em que revimos e trouxemos novidades aos clientes de eventos, cuidando para que as duas operações fossem priorizadas pelas equipes comercial, marketing e de operações”, avalia o executivo.

Há dois anos à frente do Paradise, Ricardo Aly prevê, em 2016, um crescimento de 15% nos negócios, que o lazer conquiste um pouco mais de share. “Temos uma estratégia comercial pautada pela ampliação de parcerias com os agentes. Para nós, cada agente de viagem é uma ‘filial’ nossa. Vamos trabalhar com metas arrojadas. Resolvemos não participar da crise”, diz.

SHARE