HOME Matérias Da velocidade nos feedbacks pode depender o sucesso num negócio.

Da velocidade nos feedbacks pode depender o sucesso num negócio.

57
0
SHARE
Floriano Camargo - Foto - Divulgação

Artigo de Floriano Camargo*

Por mais informatizados que estejamos, em todas as áreas de nossas atividades profissionais, é interessante perceber quantos negócios são perdidos pela negligência, descaso e desatenção por parte de quem recebe alguma consulta.

Nos ambientes de negócios, não podemos desconsiderar nenhum contato recebido, independentemente de sua forma ou conteúdo; e os meios de hospedagem de médio e pequeno porte principalmente, que em sua maioria não têm uma estrutura definida para a condução dessas operações, são as maiores vítimas.

É importante que façam parte do planejamento operacional, quem e quando a caixa de entrada de mensagens será vista, para prontamente serem respondidas, evitando o tradicional deixar de lado, para que depois com mais calma, sejam todas respondidas em certo espaço de tempo.

Faz parte da rotina de muitos, só dar a importância devida, nos contatos feitos via telefone, por achar que esses sim estão interessados em alguma coisa. Ledo engano, pois por trás de um simples e-mail, pode estar o início de uma relação significativa de negócios.

Além disso, você terá a oportunidade de mostrar grande parte de suas qualificações profissionais, com o tipo de resposta que vier a ofertar. Busque primar por uma redação objetiva, enxuta, sem linguajar rebuscado e excessivamente técnico, pois determinados termos utilizados internamente no hotel, não cabem ser repassados a quem desconhecemos, para que não haja dúvidas.

Mas é preciso demonstrar interesse pelo atendimento, buscando algum retorno em dado tempo depois; na outra ponta da linha, saberão que você está acompanhando e dando o que todos buscam: ATENÇÃO.

E essa prática pode ir bem mais além, se você estiver revestido do espírito coletivo em sua comunidade. Falo daquela ocasião em que for consultado e não tendo disponibilidade para atender, você indique um concorrente; já pensou quando isso for uma prática comum, adotada por todos, em sua região?

Saiba que antes de qualquer ação contra seus concorrentes, você deve pensar na união com eles, para que juntos possam atrair os turistas, que iriam para cidades vizinhas. Ninguém procura uma pousada, pura e simplesmente por ela, mas sim, pelo seu entorno; pense nisso.

*Floriano Camargo é Professor e Consultor – Hotelaria – Administração – Turismo – – Contato – florianocamargo.blogspot.com.br  – E-mail – camargofloriano@gmail.com

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image