MercadoÚltimas Notícias

Recife Expo Center terá nova gestão e operação

A Insight Feiras & Negócios e a Pmais Eventos se uniram aos investidores do Complexo Porto Novo Recife

Primeiro centro de convenções da capital pernambucana, o Recife Expo Center nasce com uma particularidade: teve o projeto inicial todo redesenhado após uma análise criteriosa das necessidades de quem vai fazer os mais diversos tipos de eventos na capital pernambucana. A consultoria e a escuta ativa realizada pelos investidores do Porto Novo junto a Tatiana Menezes, da Insight Feiras & Negócios, e Paulo Menezes, da Pmais Eventos, reconfigurou o projeto desenvolvido pelo Arquiteto Jerônimo Cunha Lima.

Publicidade
Fispal

A partir desse entrosamento que possibilitou as adequações do projeto, os empreendedores do Porto Novo convidaram as empresas Insight Feiras & Negócios, de Carol Baía, Rodrigo da Fonte e Tatiana Menezes, e Pmais Eventos, de Paulo Menezes, Paulo Cavalcanti Menezes e João Mendes, a uma sociedade para a gestão e operação do equipamento, cuja inauguração está prevista para agosto deste ano. A Construtora Tecla está responsável pela construção de todo o Complexo Porto Novo, que inclui o Novotel Marina Recife, a Marina Recife, o novo Restaurante Bargaço e o Recife Expo Center.

O Consórcio Porto Novo estima um investimento total de R$ 200 milhões na construção de todo o Complexo. O grupo de investidores é formado pela Maxxima Empreendimentos, Excelsior Seguros, Hima Participações e GL Empreendimentos.

Recife Expo Center terá nova gestão e operação
Futuro Recife Expo Center, na capital pernambucana – Divulgação.
Publicidade
Harus

Para Tatiana Menezes, este é um projeto sério, que trará ganhos significativos para o turismo de eventos não apenas no Recife como refletindo em todo o Nordeste. “O Recife Expo Center foi cuidadosamente planejado e está sendo construído com o que há de mais moderno no mercado. Pretendemos ser uma referência no País pela funcionalidade, tecnologia, estrutura oferecida e atendimento de qualidade”, afirma.

Localizado no Cais de Santa Rita, próximo ao Marco Zero e ao Bairro do Recife, o empreendimento ficará em uma área total de 8 mil m². Terá um pavilhão com 4.100 m², um auditório para 1.500 pessoas e dez salas multifuncionais com capacidade de 100 até 190 pessoas.

Publicidade
Ameris

Segundo Paulo Cavalcanti Menezes, um dos sócios diretores do Recife Expo Center, o espaço será totalmente modulável, com arquitetura moderna, funcional e arrojada. “O pavilhão está sendo construído para suportar o peso e fluxo de veículos pesados e permitirá a dispensa do uso de carpetes, o que costuma onerar o aluguel em outros espaços. O pavilhão também contará com uma estrutura de distribuição de elétrica, hidráulica e de gás natural (GN), o que reduzirá consideravelmente o custo de montagem pelos clientes. Tivemos a preocupação também de ter um centro com três geradores capazes de suportar o fornecimento de energia para todo o Complexo”, garante.

Publicidade
Desbravador

João Bernardes

João Bernardes é Repórter da Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA