HOME Matérias CNC fortalece relações comerciais com a Argentina

CNC fortalece relações comerciais com a Argentina

Missão busca consolidação do Mercosul, incremento do turismo e acordo de cooperação técnica entre as Federações

35
0
SHARE
Encontro foi realizado no Palácio San Martín, em Buenos Aires Foto: Celso Chagas / CNC

Em reunião com a Câmara Argentina de Comércio, em Buenos Aires, os presidentes das Federações do Comércio que integram a missão da CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, que está em visita à Argentina, assinaram um acordo de cooperação entre as entidades dos dois países que prevê a troca e o compartilhamento de informações, dados, estatísticas, experiências sobre políticas de investimentos, transferência de tecnologia e cooperação econômica como um todo. O encontro com a Câmara Argentina de Comércio faz parte de uma série de compromissos realizados esta semana, entre os dias 14 e 17 de novembro.

No Brasil e na Argentina, o setor terciário – de comércio, serviços e turismo – representa cerca de dois terços do PIB – Produto Interno Bruto de cada País. Darci Piana, Vice-presidente da CNC e Presidente da Fecomércio do Paraná, afirma que esse é o momento certo para o fechamento de acordos entre as nações. “Temos que aproveitar o momento atual em que há convergência entre os dois governos para fomentar a atividade econômica regional”, pontua.

Atualmente, a Argentina é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil e o principal destino das exportações brasileiras de produtos manufaturados. No dia 15 de novembro, a Chanceler da Argentina, Susana Malcorra, recebeu a delegação de empresários brasileiros da CNC para discutir o avanço na integração dos mercados dos dois países e acredita que o Mercosul devia ser melhor aproveitado. “No mundo complexo de hoje, ser capaz de mostrar nosso mercado integrado é fundamental. Estamos convencidos de que o Mercosul é uma oportunidade desenvolvida pela metade”, considerou.

Darci Pana foi enfático ao apontar os interesses da CNC e dos setores representados pela entidade durante reunião com a Ministra das Relações Exteriores da Argentina. “A intenção da Confederação é renovar a preocupação com o Mercosul. Nossa ideia é reatar e reativar nossas relações comerciais no mercado comum. Representamos segmentos fundamentais, que respondem por mais da metade do PIB – Produto Interno Bruto brasileiro, e estamos aqui com presidentes de federações nacionais e estaduais do sistema sindical patronal do nosso país para termos uma conversa franca e aberta”, afirmou Piana.

A chanceler também destacou o desejo do governo argentino de poder negociar em igualdade de condições com outras economias. “Estamos convencidos de que o Mercosul é uma oportunidade, com características positivas a serem exploradas. Queremos tratar de igual para igual com o restante do mundo, e para isso é fundamental a participação de países como o Brasil”, observou.

Turismo

Durante missão empresarial à Argentina, o Presidente do Cetur – Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da CNC, Alexandre Sampaio, também detalhou à chanceler Susana Malcorra a intenção de realizar um encontro da hotelaria sul-americana em Foz do Iguaçu, no primeiro semestre de 2017, reunindo hoteleiros brasileiros, argentinos, uruguaios e paraguaios, para estudo das oportunidades passíveis de desenvolvimento conjunto.

Sampaio explicou que, além de buscar os turistas estrangeiros, pretende realizar ações conjuntas com a Argentina. “Estamos aqui para debater ações de incremento do fluxo de turistas em nosso País, mas também para desenvolver práticas ou propostas de ações com as entidades argentinas de Turismo, no âmbito do Mercosul e do Conesul”, destacou.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image