HOME Matérias Aconteceu 4ª edição do Top Seller Event debateu motivação como modelo de gestão

4ª edição do Top Seller Event debateu motivação como modelo de gestão

164
0
SHARE
Armando Ramirez, Gerente sênior de novos negócios da RCI Brasil foi quem moderou este painel

Direto de Mata de São João (BA) – Este painel que terminou agora há pouco, faz parte da programação do Top Seller que é promovido pela RCI — Resort Condominium International no Complexo Costa de Sauípe, em Mata de São João, na Bahia. Armando Ramirez, Gerente sênior de novos negócios da RCI Brasil foi quem moderou este painel que contou com a participação de: Fabiula Alonso, Gerente de projetos da CLM Consultoria, que gerencia o pós-vendas do hotel Le Canton, Luciana Braga, Gerente de atendimento de pós venda no Enotel Vacation Club, Luciana Otoni, Gerente de projetos da TC Brasil e Marco Vargas, Diretor de marketing da New Time.

Fabiula Alonso começou o painel dizendo que implantou o timeshare no hotel Le Canton e agora voltou para fazer o pós vendas. “Percebi que a disposição e arrumação das salas desmotivava a equipe que estava trabalhando. Tivemos que fazer um novo layout e com isto motivamos nossos profissionais. No meu ponto de vista, ele deve fazer parte do projeto e se sentir dono da empresa”, avalia Fabiula.

Os painelistas deram bons exemplos de motivação e modelo de gestão
Os painelistas deram bons exemplos de motivação e modelo de gestão

Inspiração e motivação

Luciana Braga disse que motiva sua equipe no Enotel através de estímulos, pois eles são diferentes para cada um. “A inspiração vem dos outros, mas a motivação vem de dentro de nós. Cada um sabe o que é melhor para si e nosso desafio de líder é a gestão das pessoas, pois cada indivíduo possui peculiaridade diferente”, disse Luciana.

Marco Vargas disse que seu principal desafio para motivar seus consultores nas 17 salas que a New Time possui em regiões diferentes do Brasil e a motivação individual. “Cada profissional tem uma personalidade própria. Para alguns motivação pode ser ganhar dinheiro, para outros pode ser elogio, mas alguns só se motivam se tiver crescimento profissional. Não adianta eu chegar em Gramado (RS) e oferecer um sorvete pela performance da equipe, mas alguns podem gostar de picanha como incentivo. Compreender a equipe é importante, mas entender a individual de cada um é essencial. Eu não gosto de formar profissionais, gosto é de formar gente. Se alguém quiser crescer nesta indústria que atuamos, tem de ter caráter e ser honesto”, assegurou Vargas.

Para Luciana Otoni um chocolate oferecido para um colaborador pode fazer a diferença na motivação. “O carinho, atenção e amor também são fatores essenciais”, assegurou Luciana concluindo este painel.

A reportagem da Revista Hotéis viaja a Costa do Sauípe a convite da RCI para cobrir este evento.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image