Responsabilidade socioambientalÚltimas Notícias

Pesquisa aponta turismo sustentável como tendência para 2024

71% dos viajantes brasileiros estão interessados em opções mais ecológicas

Segundo o relatório de pesquisa “Tendências globais de viagem para 2024” da Visa, viagens com consciência ambiental são uma das tendências para o próximo ano. Ainda segundo o levantamento, 71% dos viajantes brasileiros estão interessados em opções mais ecológicas. A modalidade do turismo sustentável permite que o viajante conheça – de forma responsável e consciente – destinos com belezas naturais preservadas.

O turismo sustentável possibilita que o turista mude um pouco a rotina e vivencie experiências ao ar livre e em contato com a natureza. Além disso, promove uma conscientização no que diz respeito à preservação ambiental. “A diversidade do turismo sustentável atrai desde famílias que desejam o contato com a natureza até os viajantes mais aventureiros que buscam mais adrenalina”, comenta Carlos Eduardo Pereira, Diretor Executivo da Bancorbrás Turismo. “Todas as atividades são realizadas de modo que não traga nenhum prejuízo ou impacto à fauna e à flora local”.

No Brasil o que não falta são opções de destinos diferenciados que permitem que os turistas aproveitem o que a natureza oferece. Entre eles estão Bonito (MS), Chapada dos Veadeiros (GO), Fernando de Noronha (PE) e outros. Entretanto, o diretor ressalta que os visitantes devem ficar atentos se o local escolhido para as próximas férias não cobra a Taxa de Preservação Ambiental (TPA). “Essa cobrança tem como objetivo arrecadar recursos financeiros para a conservação e manutenção dessas áreas naturais, bem como para a gestão do turismo”, comenta Pereira. “A taxa mais comum é a de por dia de permanência, mas alguns locais cobram tarifas específicas para a realização de atividades dentro do local protegido, como mergulhos e trilhas”.

Carlos Eduardo também aponta que os valores das taxas de preservação variam de acordo com o destino. “Em Fernando de Noronha (PE), por exemplo, o custo por dia é de R$ 92,89, já em Ubatuba (SP), no litoral norte paulista, o pagamento deve ser feito por quem ficar mais de quatro horas na cidade, sendo R$ 13,00 para carros”, afirma. Além desses locais, em todos os parques nacionais do Brasil, administrados pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, os visitantes também devem pagar para entrar nas áreas destinadas ao uso público.

A Bancorbrás Turismo oferece para os clientes o que há de melhor e mais prático, econômico e seguro no que diz respeito à hospedagem e viagem. “Nós possuímos uma equipe especializada, pronta para indicar as melhores opções para os clientes, além de oferecer assistência antes e durante o passeio”, afirma Carlos Eduardo. “Dessa forma eles podem aproveitar seus dias de descanso com conforto e tranquilidade”, afirma Carlos Eduardo. A empresa também disponibiliza diferentes serviços como: passagens aéreas, traslado para os hotéis, ingressos para atrações locais, passeios turísticos, locação de carro, entre outros.

Publicidade
Desbravador

Nadine Alves

Jornalista de 26 anos, formada em 2019 pela Universidade Anhembi Morumbi. Atua desde 2018 no setor de turismo e é apaixonada por viagens.

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA