Publicidade
SPCVB

Museus são opções de passeio seguro durante o feriado em São Paulo

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Museu do Futebol tem abertura noturna até 21h e entrada gratuita; no Museu da Língua Portuguesa os visitantes não pagam aos sábados

O Museu do Futebol e o Museu da Língua Portuguesa, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, estarão de portas abertas no fim de semana prolongado do dia 7 de setembro (exceto na segunda-feira, quando tradicionalmente estarão fechados para manutenção). Uma ótima oportunidade para verificar a exposição “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa” e as novidades do recém-reaberto Museu da Língua Portuguesa.

Publicidade
Faitec

Museus são opções de passeio seguro durante o feriado em São Paulo

Visitantes podem fazer defesas em trave de tamanho oficial – Crédito: Ciete Silvério

Desde agosto, o Museu do Futebol funciona até mais tarde na primeira terça-feira de cada mês. Ou seja, no dia do feriado (7), a instituição estará aberta até 21h, com entrada até 19h30 – e o melhor de tudo é que às terças a entrada é gratuita. Basta emitir seus ingressos pela internet. O visitante poderá conhecer a exposição “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa”, que narra a história do ídolo do Vasco e da Seleção Brasileira, Moacyr Barbosa, e homenageia os 150 anos da posição de goleiro.  É possível assistir a defesas incríveis, conferir luvas e camisas de ídolos da posição e praticar suas próprias defesas embaixo de uma trave de tamanho oficial. Desde a abertura da mostra, em 19 de junho, mais de 20 mil pessoas passaram pelo museu, localizado embaixo das arquibancadas do estádio do Pacaembu. Ao término do percurso, o público pode comprar camisas e outros itens dos principais clubes do mundo na loja Futebol Super Store, e ainda tomar um café ou drinque no Bubu Restaurante, localizado à direita da entrada do museu.

Por sua vez, o Museu da Língua Portuguesa já atraiu mais de 12 mil visitantes desde o dia em que reabriu para o público, em 1º de agosto, após quase seis anos fechado. Por lá, o visitante tem a oportunidade de encontrar novas experiências, como o Falares, que mostra como a língua portuguesa se expressa em diversas regiões do país, clássicos da instituição como Beco do Falares, em que o visitante, em uma mesa interativa, é convidado a montar palavras e a descobrir seus significados, e ainda passear pela exposição temporária “Língua Solta”, no primeiro andar.

Museus são opções de passeio seguro durante o feriado em São Paulo

 Museu da Língua Portuguesa  reabriu recentemente após o incêndio que o deixou por quase seis anos fechado – Crédito: Joca Duarte

Publicidade
Soluções 1

E tem mais: após assistir ao filme “O Que Pode A Língua”, no auditório, e mergulhar na experiência da Praça da Língua, onde textos são projetados no teto e declamados por artistas como Mônica Salmaso, Chico Buarque e Maria Bethânia, entre outros, o visitante tem a oportunidade de conhecer o terraço Paulo Mendes da Rocha, outra novidade do Museu da Língua Portuguesa. Neste espaço, há uma vista privilegiada da torre do relógio da Estação da Luz, assim como de seu entorno. Local perfeito para uma selfie ou uma foto com a família e amigos. Sempre com máscara, claro. Não deixe também de conferir a instalação “Viva Palavra”, que inaugurou outro espaço de exposições no Museu da Língua Portuguesa. Localizada no Pátio B do edifício histórico, a mostra reúne sete ilustrações de nomes como Luna B, Efe Godoy, Breno Loeser, Yacunã Tuxá, Renata Felinto, Criola e Antonio Junião, que também assina a curadoria. Para visitá-la não é necessário pagar ingresso.

Publicidade
Clima ao Vivo

Protocolos sanitários – Os museus seguem todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19, com uso de máscara obrigatório durante todo o passeio, aferição da temperatura de visitantes e funcionários na entrada e sinalização de distanciamento social nas salas. No Museu do Futebol, por exemplo, em pesquisa espontânea respondida pelos visitantes, 97% consideraram o passeio “seguro” ou “muito seguro”. No Museu da Língua Portuguesa, para evitar aglomeração, os ingressos devem ser adquiridos pela internet, com hora e dia marcados. Além disso, só é permitida a entrada de 75 pessoas a cada 45 minutos. O uso de máscara é obrigatório em todas as áreas do museu, onde é possível encontrar álcool em gel espalhado em diversos espaços.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA