Publicidade
Encontro da Hotelaria Mineira

Itaipu Binacional apresenta plano para revitalizar prainhas Lindeiras (PR)

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Uma das maiores geradoras de energia limpa e renovável, a Itaipu Binacional, apresentou recentemente na Sede do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros, em Santa Helena (PR) propostas para auxiliar a prefeitura na revitalização e exploração comercial de prainhas e áreas de lazer que se encontram perto das margens do reservatório da usina. Com estas ações o entorno e a infraestrutura serão melhoradas, fazendo com que assim, o turismo seja melhor explorado e a renda dos municípios aumente.

Esta parceria realizará ações envolvendo o saneamento básico, eficiência energética, apoio à autossuficiência de energia, urbanismo, paisagismo e edificações pequenas próximas ao reservatório, como um píer, por exemplo.

O plano que teve investimentos da Itaipu e foi desenvolvido pela Adetur demonstra a situação atual dos locais e a viabilidade econômica através da exploração comercial de bares, eventos, hotéis, restaurantes, áreas de esporte e camping. O documento entregue também traz sugestões de como a concessão dos balneários pode ser feita por meio parcerias público – privadas.

Plano aprovado por autoridades

Alexandre Pacheco avalia que o plano facilitou o comodato. / Foto – Divulgação.

A exploração comercial dos balneários que não era permitida, pelo uso das prainhas entre Itaipu e as prefeituras, foi comemorada por inúmeras autoridades do ramo, como o Gestor do turismo na marem brasileira da Itaipu, Alexandre Pacheco “Esse plano somente foi possível porque, em 2017, a Itaipu flexibilizou o comodato, autorizando a exploração comercial. Com isso, estamos aproveitando essa flexibilidade para explorar toda a capacidade turística do Lago de Itaipu”.

Chico Brasileiro ressalta a segurança que o plano dá para futuras concessões. / Foto – Divulgação.

Já Chico Brasileiro, Prefeito de Foz do Iguaçu destacou que este plano dá segurança para a concessão e que a fará o quanto antes na prainha de Três Lagoas. “Temos exemplos bem-sucedidos de concessão em Foz. Um deles é o do Marco das Três Fronteiras. Faremos o mesmo com a prainha. Vai desonerar a prefeitura, gerará renda para o município e novos postos de trabalho”.

Publicidade
Soluções RH
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA