Publicidade
Leceres

Hotéis oferecem melhores condições para idosos no enfrentamento da pandemia

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Com o objetivo de proteger os idosos, que formam o maior grupo de risco dentro da pandemia do novo coronavírus, hotéis do Rio de Janeiro e de Brasília têm acolhido homens e mulheres que se enquadram no perfil e vivem em áreas consideradas de maior risco, as comunidades carentes. No entanto, apesar da oferta (que inclui três refeições, televisor no quarto e sinal de internet), a procura ainda não é grande.

Publicidade
Clima ao Vivo

Os idosos que vivem nas muitas comunidades do Rio de Janeiro, na maioria dos casos, dividem uma residência pequena com mais pessoas, o que pode ser perigoso em tempos de pandemia. Soma-se a isto a falta de saneamento básico, luz e água. Por outro lado, também os idosos que vivem sozinhos e carecem de cuidados podem, por meio desta ação, gozar de melhor estrutura e assistência para o enfrentamento deste período.

Publicidade
Soluções 1

A razão para o desinteresse, segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro – responsável pelo projeto, é o medo de deixar o ambiente familiar e a mudança da rotina. O Prefeito Marcelo Crivella fez um apelo para que os idosos aceitem o convite o quanto antes.

Ideia boa tem que ser compartilhada

No Distrito Federal já existe o projeto Hotelaria Solidária, que faz parte do programa “Sua Vida Vale Muito”, desenvolvido pelo Sejus – Secretária de Justiça e Cidadania. São esperadas 300 adesões em um primeiro momento, de pessoas acima de 60 anos que serão alojadas nos empreendimentos participantes. Um levantamento da Companhia de Planejamento do Distrito Federal, a pedido do Sejus, indicou que a capital federal têm atualmente 14 mil idosos em moradias inadequadas.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

A secretária de Justiça de Cidadania, Marcela Passamani, explicou que no projeto piloto estão previstos 150 apartamentos e que hotéis interessados em participar, devem reservar toda a sua oferta para os idosos durante três meses, não hospedando outras pessoas no local. O objetivo é oferecer uma forma de distanciamento social efetiva, com exames e outros testes conduzidos pela Secretaria de Saúde. Dentro do “Sua Vida Vale Muito” também está a ação “Adote um idoso”, que incentiva jovens a prestarem pequenos serviços como idas à farmácia, mercado e outros. Voluntários podem efetuar o cadastro neste link.

Publicidade
Harus 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA