Publicidade
APP – cabeçalho

Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes confirma sua segunda edição

Viajar, conhecer outros países e até viver do turismo pode parecer um mundo distante para muitas mulheres. Disposto a quebrar as barreiras entre mulheres e o sonho de viagem, acontece a segunda edição do evento de turismo exclusivo para elas: o II Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes.

Ele acontecerá nos dias 7 e 8 de Março, em celebração ao Dia Internacional da Mulher, em São Paulo, no Teatro Santo Agostinho, no bairro da Liberdade.

Publicidade
Continuum

O evento quer mostrar que viajar vai além do lazer, pode ser uma ferramenta de transformação e é, sim, acessível para os mais diversos perfis. Serão abordados temas para todos os perfis de viajantes, desde iniciantes até experientes, de qualquer da idade, com e sem filhos, profissionais do turismo e, claro, trazer a oportunidade de ouvirmos histórias transformadoras.

Entre as palestrantes, destacam-se nomes como a brasileira mais jovem a escalar o Everest Ayesha Zangaro e a única mulher brasileira a viajar para a estratosfera Dina Barile, que aos 63 anos inspira mulheres de todas as idades. Compartilhando dicas, a influenciadora de viagens grávida do segundo filho Lala Rebelo manteve sua rotina de viajante mesmo após ser mãe.

Lala Rebelo, blogueira de luxo (Foto: divulgação)

Com apenas 28 anos e prestes a entrar para o Guiness Book pelas suas façanhas de viajante, Lídia Prado, acumula a marca de 188 países viajados e vai compartilhar informações valiosas com o público. E para fechar os exemplos, também contaremos com a presença da refugiada do Congo Prudence Kalambay, mãe de cinco filhos e exemplo de luta para todas as mulheres que desejam mudar suas perspectivas de vida.

Publicidade
Harus

De acordo com Gilsimara Caresia, idealizadora do evento, “O sucesso da primeira edição mostrou a necessidade desse espaço que criamos para dar voz a viajantes inspiradoras e repassar conteúdo relevante para aproximar mulheres da realização dos seus sonhos de viagem, autoconhecimento e transformação“.

A primeira edição do evento, que é anual, foi realizada em 2019 e contou com 24 palestrantes e na plateia 400 brasileiras de 16 estados, com idades entre 16 a 78 anos.

Publicidade
Expo Retomada

Um estudo feito com mulheres do Brasil e mais sete países aponta que mais da metade das brasileiras já viajaram sozinhas e que 65% tiveram sua primeira experiência solo em viagens entre 18 e 25 anos. Números que expressam o tamanho do mercado do turismo feminino e sua capacidade de exploração.

O evento espera superar o número de público do ano passado e vai manter a missão de inspirar outras mulheres a transformarem seus sonhos em realidade.

Sobre a idealizadora do Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes

Gilsimara Caresia é jornalista e turismóloga com MBA em finanças. Já viajou por mais de 100 países. Após 17 anos dedicados ao mercado financeiro, tirou um período sabático de dois anos para uma volta ao mundo em busca de aprendizado e autoconhecimento. Na volta, criou o projeto GirlsGo Viagens e Descobertas, que incentiva mulheres a viajarem. Reúne mais de 70 mil mulheres em seu grupo nas redes sociais: “Mulheres que Viajam e Mochileiras” e colabora com textos em sites de empoderamento feminino e viagens. Foi finalista como profissional de destaque no Prêmio Nacional do Turismo 2019.

Publicidade
Totaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image