Implantação

Dom Pedro Hotels inaugura no Ceará primeira unidade fora de Portugal

O Dom Pedro Laguna Beach Villas, Golf & Spa Resort foi construído na Praia da Marambaia, em Aquiraz, no Ceará e faz parte do Aquiraz Riviera, o maior empreendimento turístico do Brasil de padrão nternacional que tem valor estimado em US$ 350 milhões para a conclusão

O grupo hoteleiro português Dom Pedro acaba de colocar em operação o Dom Pedro Laguna Beach Villas, Golf & Spa Resort, a primeira unidade do grupo fora de Portugal. O empreendimento foi construído na Praia da Marambaia, em Aquiraz, no Ceará e já entrou como membro da organização Great Hotels of The World, que tem luxuosos Hotéis e Resorts do mundo, o que vem confirmar a excelente qualidade deste novo hotel. Esta organização irá promover globalmente o Resort, afirmando-o não apenas no segmento de lazer para famílias, golfistas (primeiro campo de Golf do Estado do Ceará), amantes de spas e apreciadores de uma excelente gastronomia, mas também um Resort de eleição para o segmento de negócios.
O Resort está 35 quilômetros distante do Aeroporto Internacional de Fortaleza, sendo o primeiro resort à contar com um campo de golfe do Estado do Ceará. Sua infraestrutura conta com 102 unidades habitacionais, divididas em 64 quartos com varanda ou terraço, 22 chalés com quarto, sala e amplo terraço, dez chalés com dois quartos, sala e amplo terraço e seis chalés de frente ao mar com piscina privada, dois quartos, sala e amplo terraço sobre a lagoa. A decoração destes chalés inclui TV de LCD, ar condicionado, telefone, internet banda larga, mini bar, cofre, cafeteira, fechaduras eletrônicas, secador e espelho de aumento no banheiro.
Na área de alimentos e bebidas, o empreendimento conta com dois restaurantes, o principal, com gastronomia internacional e gastronomia regional. Já o restaurante da Praia serve grelhados, refeições rápidas como snacks e pizzas; bar da praia, serviço de bebidas na praia e na piscina, room service 24 horas, transporte interno por barco e carros elétricos. O resort conta ainda com uma lagoa em que se pode praticar esportes náuticos e ainda disponibilizará clínicas de Golf, além de um moderno spa, quadra de esportes, piscina junto à praia e Clube de Crianças. Para eventos existe uma moderna sala com capacidade para até 200 pessoas.

Recriando Veneza no Ceará
O projeto arquitetônico deste empreendimento procura recriar uma Veneza no Ceará, um paraíso entre o Golf e a praia que se estende por uma lagoa com 15.000 m2, com 200 metros de frente mar. O room service chega por barco às “Water Villas”, onde os hóspedes podem desfrutar do café da manhã, almoço ou jantar no seu terraço privado em cima da lagoa, servido por um mordomo particular. Todo o projeto está perfeitamente integrado no meio ambiente, de forma a preservar e realçar a natureza envolvente. A comunicação dentro do resort é feita por barco ou carro elétrico, transformando uma simples ida ao spa, restaurantes, piscina, kids club ou beach club, num momento de total sintonia com a natureza.
Como a qualificação e treinamento profissional é um dos problemas mais crônicos encontrados na entrada em operação de um empreendimento hoteleiro no Brasil, principalmente na região Nordeste, o Dom Pedro Laguna fez uma parceria com o Senac Ceará e a Secretaria de Turismo de Aquiraz e deu início em agosto as primeiras turmas de capacitação profissional da população local. Várias turmas já se formaram e se qualificaram para exercer atividades como cozinheiro, garçom, monitor de recreação e entretenimento, camareira, recepcionista, governanta e muitos aprenderam o inglês para atenderem aos turistas estrangeiros.

Complexo exigirá US$ 350 milhões para a conclusão
O Dom Pedro Laguna, Beach Villas, Golf and Spa Resort é o primeiro dos oito hotéis previstos para serem construídos num resort ecológico de luxo o Aquiraz Riviera que está sendo desenvolvido pelo Consórcio Luso-Brasileiro Aquiraz Empreendimentos Turísticos, composto pelo empresário cearense Ivens Dias Branco, pelo Ceará Investment Fund – Fundo Imobiliário, o grupo hoteleiro Dom Pedro e a Solverde (divisão de turismo do grupo Industrial Violas com a concessão dos Cassinos do Algarve). Este será o maior empreendimento turístico do Brasil de padrão internacional e tem valor estimado em US$ 350 milhões para a conclusão.
O Complexo ocupará uma área total de 300 hectares, com 58 hectares de área de Proteção Ambiental, 1.800 metros de frente mar e com o primeiro campo de Golf do Ceará com 18 buracos, sendo que nove buracos já estão em operação. O gramado do campo é o primeiro do Brasil a utilizar 100% da grama Seashore Conquista (Paspalum vaginatum), grama costeira nativa do Brasil, adaptada à baixa demanda hídrica, nutricional e agroquímica.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA