Publicidade
Retomada do turismo

Ações dos fornecedores na abertura dos hotéis é tema no segundo dia do 20º Encontro da Hotelaria Mineira

No segundo e último dia do 20º Encontro da Hotelaria Mineira – edição virtual, liderada por Marcos Valério Rocha, idealizador do evento e coordenador do escritório regional da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, em Minas Gerais, o painel contou as participações de Thiago Paiva, Diretor da Blincast, Júlio Cosentino, Diretor da RENTV, Claudio Azevedo, CEO APP Sistemas e Jessé Resende, CEO da Saga Systems.

Participantes do painel

Mediando o debate, Marcos Valério Rocha, da FBHA regional de Minas Gerais e Maarten Van Sluys, consultor e especialista em indústria hoteleira, a temática do bato papo foi “Quais as ações a cadeia fornecedora pode adotar para viabilizar a reabertura dos hotéis”.

Publicidade
Expo Retomada

Iniciando o debate, Jessé Resende, CEO da Saga Systems, comenta sobre os planos da empresa pós pandemia. “A Saga é uma empresa nacional, estamos no mercado há 11 anos, temos mais de 2 mil clientes na América do Sul. A nossa equipe vive da hotelaria, também estamos sofrendo. O sentimento que temos é que estamos passando por uma tempestade. Quando um hotel se propõe a modernizar e trazer novos produtos, a cada ano, cada mês, se muda alguma coisa na tecnologia e se acrescenta algo mais. O que a Saga está fazendo é disponibilizar um momento de treinamento para nossos clientes, claro que nosso produto é especifico, porém uma fechadura se parece muito com a outra. Então vamos disponibilizar treinamento gratuito de fechaduras e cofres, controles de acesso, como organizar elevadores, porta de passagem, piscinas, treinamentos completos”, comenta.

Júlio Cosentino, Diretor da RENTV

Júlio Cosentino, Diretor da RENTV, fez uma análise de como será a volta dos hotéis e de como os fornecedores podem ajudar os hotéis, pousadas e resorts. “Nós temos talvez o maior desafio de nossas vidas profissionais e pessoal. Empresários, gerentes, gestores, todos nós fomos surpreendidos por uma situação que nunca passamos. A RENTV foi inaugurada em 1964 e no DNA dela está o fornecimento para hotelaria. Manutenção para equipamentos, projetos de academias, micro-ondas, frigobares… Nossos clientes hoje infelizmente estão fechados e com uma perspectiva difícil. O fornecimento para hotelaria não é um fornecimento como para Casas Bahia, Lojas Americanas onde nós fazemos uma venda mercantil, ou seja, “matar” a venda no momento. Na hotelaria toda nossos clientes são de longo prazo, de 30 e 40 anos. O que realmente nos mantém no mercado é ter a confiança com os clientes e fornecedores, a gente faz amigos nisso. Obviamente a condição comercial tem existir um esforço dos fornecedores para que seja possível uma condição comercial boa, porque os hotéis vão abrir metade, uma ala fechada… Uma coisa que é indiscutível é que os custos não são os mesmos, eles serão superiores. As camareiras por exemplo terão um trabalho redobrado. A ocupação também não vai ser as mesmas. Então temos que dar as mãos para nossos clientes para tentar sobreviver neste momento”, sinalizou.

Publicidade
Harus

Participando do debate, Claudio Azevedo, CEO da APP Sistemas, explicou a importância da tecnologia na retomada dos hotéis e também para certificar os hoteleiros desta necessidade. “Quando ocorreu o surto, nos posicionamos ao lado do hoteleiro para que juntos pudéssemos atravessar essas dificuldades. Para ser objetivo, eu acho que é o momento de o hoteleiro entender que a tecnologia é um custo. Hoje a tecnologia é um investimento, então tem alguns aspectos que devem ser considerados para retomado. Nós escutamos que muitos hoteleiros demitiram muitos colabores, então eu vejo algum tipo de dificuldade para treinar esse pessoal. APP Sistemas oferece essa solução, tem todo esse treinamento online. Quebramos alguns paradigmas com relação aos hotéis. Temos mais de 100 hotéis implantados, está todo mundo vendo que podemos fazer de forma on-line. Então APP Sistemas vem quebrando esse paradigma e é algo muito importante. Ter uma solução simples e fácil que ajude o usuário operar e com apoio, é importante”, disse.

Claudio Azevedo, CEO da APP Sistemas

Assim como os outros convidados, Thiago Paiva, Diretor da Blincast, comentou sobre as principais ações para ajudar os hotéis. “Fizemos um treinamento interno para os próximos 5 meses, segurar o caixa, começar negociar e conseguir sobrevier. Após isso, fomos conversar com nossos clientes. Os hotéis que fecharam, dissemos que podiam contar conosco na retomada. Os hotéis que reduziram o valor nós ajudamos, criamos mecanismos para eles continuarem em pé e nós também. Alguns hotéis com programas de idosos, criamos um projeto junto a eles para fazer bingo online na TV dos quartos, está dando super certo em alguns hotéis do Rio. Estamos juntos até o final. No terceiro momento fomos até os hotéis explicar que Blincast reduz o custo com TV em até 50%. Você vai conseguir passar dessa fase com a gente. Diferente das operadoras de TV, os hotéis e hoteleiros tem meu telefone, atendimento de forma rápida. Esse mês fizemos 8 instalações e temos mais 12 para o próximo. Estão mudando das operadoras comuns para a Blincast. Então foi muito bom que dentro desse planejamento nós crescemos durante a crise. O faturamento diminuiu, mas o número clientes cresceu. Demos as mãos para nossos clientes com a tecnologia que é o futuro, como todos disseram aqui no debate”, afirmou.

Thiago Paiva, Diretor da Blincast

Bom relacionamento e parceria com hotéis.

Em relação ao mercado hoteleiro, Jessé Resende comentou sobre o bom relacionamento com os hotéis. “Hotel sempre foi e sempre será um bom pagador, porque diferente de um escritório, o hotel é um prédio, você tem uma garantia que o hotel estará lá, não tem como sair. Só por isso você já tem uma garantia que o hotel não vai desaparecer de uma hora para outra. A taxa de inadimplência é muito baixa”, afirmou.

Claudio Azevedo reiterou que a empresa está disposta a ajudar na retomado. “Buscamos parceiros, temos projetos para soluções de tecnologia para ajudar os hoteleiros com condições especiais. ”, alentou.

Publicidade
FBHI

Agradecimentos

Ao final do debate, Marcos Valério Rocha agradeceu a cobertura da Revista Hotéis durante o evento digital. “Gostaríamos de agradecer a mídia especializada que cobre o setor hoteleiro, em especial Edgar Oliveira da Revista Hotéis e o Renato Hazan do Guia do Profissional de Hotelaria e Restaurantes, que há muitos anos vem apoiando as iniciativas do setor hoteleiros de Minas Gerais”, comemorou.

Publicidade
Equipotel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA