Publicidade
Leceres

21º Encontro da Hotelaria Mineira mostrou case de gestão do Tauá Hotéis

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 4 minutos

Direto de Pouso Alegre (MG) – O 21º Encontro da Hotelaria Mineira, realizado no Marques Plaza Hotel, trouxe na tarde desta sexta-feira, 27 de maio, a palestra “A Importância do Propósito no Contexto Atual da Hotelaria”, apresentada por Viviane Magalhães, Diretora de Talento, Cultura e Felicidade da Rede Tauá de Hotéis. Viviane começou a apresentação, após introdução de Marcos Valério, idealizador do evento, falando sobre sua trajetória de 26 anos no Tauá Hotéis & Resorts. “Comecei na conservação e limpeza, passei pelos cargos de camareira e garçonete antes de assumir alguns cargos de chefia, Fui Gerente geral das unidades de Caeté e Araxá e hoje integro a diretoria, com a missão de fazer as pessoas felizes, do cliente, passando pelo fornecedor e todos os outros atores da operação hoteleira”, explicou, antes de exibir um vídeo sobre a fundação do Grupo Tauá.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

 

Hoje o Tauá Hotéis & Resorts, que começou com apenas um hotel fazenda, é um grupo composto por quatro resorts e um hotel executivo. Segundo Viviane, que é economista de formação com pós-graduação em gestão de pessoas, mostrou um contexto atual da gestão de talentos na hotelaria. “Tivemos a diminuição, devido a pandemia, de nosso quadro de colaboradores. Demissões nunca são boas, mas foi uma estratégia acertada, porém complexa. Aprendemos a fazer coisas de forma diferente, com a mudança do formato de trabalho, com home-office nas áreas administrativas, mudanças nos procedimentos internos, alterações nas legislações, mudanças na forma de gerir, na leitura dos resultados dos indicadores, a migração de profissionais para outras áreas, a mudança de visão em relação a qualidade de vida, e também uma onda de pedidos de demissões, que aconteceu fora do País e agora está intensa no Brasil, inclusive na área da hotelaria”.

21º Encontro da Hotelaria Mineira mostrou case de gestão do Tauá Hotéis

Slide da apresentação de Viviane Magalhães mostrando o que pesa na decisão da nova geração na escolha da empresa para trabalhar

Novas gerações de talentos

De acordo com Viviane, as próximas gerações de força de trabalho, possuem características que incluem agilidade, energia, capacidade de absorção e aprendizado, expectativa de crescimento rápido, capacidade de serem ‘multitarefas’, desempenhando diferentes funções ao mesmo tempo, serão interativos, criativos, conectados e valorizarão cada vez mais as questões sociais, ambientais e sustentáveis. A diversidade também será uma pauta cada vez mais abordada.

Publicidade
Faitec

Para a Diretora, a nova geração observa em primeiro lugar, a oportunidade de crescimento. “Isso não significa apenas crescimento profissional, mas também pessoal e isso é um movimento que deve partir também do colaborador. Se os valores da empresa não fizerem sentido para ela, com certeza não ficarão. O salário também é um item de peso. Para esses novos profissionais, a empresa deve prezar pela transparência, ter um propósito claro e forte, oferecer crescimento, ter uma liderança humanizada que se preocupa com seus liderados, entre outras coisas”, afirmou.

21º Encontro da Hotelaria Mineira mostrou case de gestão do Tauá Hotéis

Pontos relevantes no Tauá na hora de contratar um colaborador apresentado no slide da palestra de Viviane Magalhães

O que é propósito?

Viviane explicou que um propósito baseia-se principalmente onde a empresa quer chegar. “O propósito é uma excelente forma de engajar e motivar os colaboradores e faz com que eles realmente vistam a camisa da empresa. Infelizmente ainda existem pessoas que não sabem a missão da empresa, as vezes inocentemente, por falta de próprio treinamento da empresa. É preciso que no primeiro dia ela seja esclarecida nesse sentido e mais do que saber, entender para praticar e descobrir se faz sentido para ela”, observou.

Emocionadores

A criação dos emocionadores no Tauá foi criada para que todos os colaboradores entendessem e vestissem essa camisa, se dedicassem e se engajassem nessa cultura. “Acredito muito que isso deve ser relembrado constantemente, em todos os treinamentos, nas reuniões: ‘estamos aqui dentro para isso’. Acho que isso tem que estar visível para todos. É muito bom, o clima melhora, as pessoas se respeitam, ajudam umas as outras e entendem o propósito disso, facilitando a operação”, complementou Viviane.

Publicidade
Clima ao Vivo

21º Encontro da Hotelaria Mineira mostrou case de gestão do Tauá Hotéis

Um bom público assistiu a palestra da Viviane Magalhães

Em seguida, a Diretora explicou que, para replicar o sucesso do Tauá, é preciso que, durante o processo seletivo, sejam observados detalhes como a necessidade imperiosa de um sorriso durante o atendimento. “Imagine uma pessoa de cara fechada. Isso combina com a hotelaria? Ou a pessoa não se adaptará com a empresa ou vice-versa. Os valores devem estar em sintonia, a pessoa deve acreditar nos lemas da empresa. Deve-se gostar de servir, atender, se relacionar e ser colaborativo, ter habilidades do futuro (inclusive no que tange questões sociais), e finalmente, deve-se considerar experiência, mas o ‘brilho no rosto’ muito mais”.

Além das habilidades sociais, segundo Viviane, são consideradas importantes as habilidades do futuro como flexibilidade cognitiva, capacidade de negociação, orientação para servir, julgamento e tomada de decisão, inteligência emocional, coordenação com os outros, gestão de pessoas, criatividade, pensamento crítico e capacidade de resolução de problemas complexos.

A Revista Hotéis é Mídia Oficial do Encontro da Hotelaria Mineira e a equipe da reportagem hospedou-se no Hotel Ferraz

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA