HOME Matérias Dan Inn SJ dos Campos (SP) apoia Festival Flamenco Brasil

Dan Inn SJ dos Campos (SP) apoia Festival Flamenco Brasil

48
0
SHARE
Parceria foi selada em 2007, em reconhecimento ao trabalho da professora de dança Ana Guerrero em manter e divulgar a Arte Flamenca em SJ dos Campos - Foto: Divulgação

A 13ª edição do Festival Internacional Flamenco Brasil acontecerá em São José dos Campos, de 15 a 21 de setembro. Desta feita, traz diversas estrelas representativas da arte flamenca. Entre elas a bailaora espanhola e maestra Inmaculada Ortega. Natural de Jerez de La Fronteira e um dos ícones do flamenco atual, ministrará workshops e participará como convidada do espetáculo ‘De Sevilha a Jerez!’

Contará com a participação de renomados artistas brasileiros de baile, canto e toque. O festival é idealizado e produzido pelo Centro de Arte e Dança Ana Guerrero & Talita Sánchez, que tem apoio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo e da Rede Nacional Inn Hotéis.

O hotel Dan Inn SJ dos Campos, junto com o Fundação Cultural Cassiano Ricardo, apoia o Centro de Arte e Dança Ana Guerrero & Talita Sánchez na realização do Festival – Foto: Divulgação

A Grande estrela do Festival, Inmaculada Ortega, iniciou sua carreira aos 7 anos junto ao seu irmão Domingo Ortega. E recebeu em sua terra natal o segundo prêmio do concurso de baile flamenco da província de Cádiz.

Ao longo de sua carreira, atuou como bailaora solista no Ballet Albarizuela, Cia. Antonio Alonso, Cia de Tomás de Madri, Maria Benítez Teatro Flamenco, Cia Noche Flamenca, Cia Domingo Ortega, Cia Joaquim Ruiz – entre outras. O grande espetáculo acontecerá no Domingo dia 17 de setembro, no Theatro Municipal de São José dos Campos.

O Flamenco não parou de crescer em número de adeptos, propagando seu fascínio por todo o mundo. Recentemente, foi reconhecido como Patrimônio Imaterial da Humanidade. “A Arte Flamenca é considerada por muitos como a expressão mais singular e característica da Espanha. Sua projeção artística começa em meados do século XIX, em alguns cafés e bares boêmios de Andaluzia. Passa a incorporar palmas, violão e o baile – e assim começavam a nascer as três almas do flamenco: o canto, o baile e o toque”, conta Ana Guerrero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image