Brasileiros vencem etapa da Copa do Mundo de Pâtisserie no Sirha México

Brasileiros vencem etapa da Copa do Mundo de Pâtisserie no Sirha México

Copa Maya contará com Abner Ivan e Marcone Calazans na final mundial da Coupe du Monde de la Pâtisserie em Lyon, FRA

607
0
SHARE
Equipe brasileira vai para final em Lyon, na França. Foto: Divulgação

O Sirha México, que acontece de 10 a 12 de fevereiro na capital do país, recebeu a Copa Maya, etapa latino-americana da Coupe du Monde de La Pâtisserie. A princípio, três equipes seriam escolhidas para passar à próxima fase, a final mundial em Lyon em 2017. Foram elas Chile (3º lugar), México (2º lugar) e Argentina (1º lugar). Mas o presidente fundador do concurso, Gabriel Paillasson, usou do seu direito de lançar a wild card, prevista no regulamento, e elegeu mais uma equipe para a grande final: o Brasil.

Abner Ivan, especialista em chocolates, e Marcone Calazans, expert em açúcar, foram treinados pelo chef Ramiro Bertassin, que já participou três vezes da final da Coupe du Monde de la Pâtisserie em Lyon. Eles escolheram o tema Jurassic Park, aproveitando para incluir ingredientes bem brasileiros nas suas criações, como maracujá, tangerina, castanha de barú, cumaru e buriti. Marcone ganhou ainda o prêmio especial para melhor peça de açúcar.

Os chefs tiveram seis horas para preparar duas tortas de sorvete com base de fruta, dez sobremesas de chocolate empratadas, uma peça artística em açúcar e uma em chocolate. Fundada há 26 anos, Coupe du Monde de la Pâtisserie tornou-se a competição de confeitaria artística mais reconhecida do mundo. Dois anos são necessários para selecionar o melhor talento de 50 países, levando 22 à grande final em Lyon.

A Copa Maya foi presidida pela chef mexicana Maria Teresa Ramirez Degollado, fundadora dos Artesanos del Dulce de México. Cada país participante trouxe um chef jurado, que foi também treinador dos competidores e, portanto, não deu nota para seu próprio país: Eduardo Ruiz (Argentina), Ramiro Bertassin (Brasil), Luis Dias (Chile), Julio Mojica (Colombia), Pascal Demory (México) e Marín Astocondor (Peru).

Trofeu 1
SHARE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA


CAPTCHA Image
Reload Image